Após protestos, amiga de Harry Styles dispara alfinetada contra Kendall Jenner e lembra polêmico comercial com a modelo; entenda o caso!

Vixe! Nesta terça-feira (02), em West Hollywood, Harry Styles foi protestar contra o racismo, nas manifestações do movimento “Black Lives Matter”, após a morte de George Floyd. No entanto, na ocasião, suas amigas foram confundidas pelos fãs com Kendall Jenner – ex-namorada do astro. Hoje (03), uma delas resolveu tocar no assunto… e mandou um shade daqueles para a modelo!

Nas fotos divulgadas pelas redes sociais, é possível ver Harry protestando ao lado de garotas que tinham o biotipo parecido com o de Kendall. Mas nenhuma delas era a integrante das Kardashians-Jenners! Amy Marietta, que estava com o músico, desmentiu a teoria dos fãs e soltou uma alfinetada pra musa. “Pra aqueles querendo saber se alguma de nós é a Kendall, não. Ela não estava no protesto, ela estava procurando por uma Pepsi”, disparou a amiga de Styles.

Continua depois da Publicidade

Amy fez referência a um polêmico comercial de refrigerante estrelado por Jenner. Nele, a top model aparece desfilando sua beleza num protesto. Em meio à reivindicação dos direitos, quem trás a paz e alegria entre os manifestantes e as autoridades é Kendall, quando entrega sua latinha a um dos policiais. Confira um trechinho da peça publicitária abaixo:

Compreensivelmente, a propaganda gerou muitas críticas, pelo tamanho distanciamento da realidade. Em 2017, no “Keeping Up With The Kardashians”, Kendall chorou ao tratar do assunto. “Se eu soubesse que esse seria o resultado, eu nunca teria feito algo do tipo. Mas você não sabe enquanto você está vivendo no momento. Eu só me senti uma p*ta estúpida. O fato de que eu ofenderia ou machucaria outras pessoas definitivamente não era a intenção”, disse ela, na época. Olha só:

Continua depois da Publicidade

De volta a Harry e seus amigos, Marietta deu mais detalhes do protesto com o artista. “Pra todos perguntando se nós estamos bem, estamos sim! Muito obrigado pela preocupação. Foi um protesto pacífico. Apenas se certifiquem de sair antes do toque de recolher, não quebrem nenhuma lei, e vocês devem ficar bem. Contudo, protestar não é pra todos, e tá tudo bem! Ajudem por doar e compartilhar informações úteis na internet”, escreveu ela, pelo Instagram.

Nas redes sociais, Jenner também se manifestou, incentivando que as pessoas estudassem sobre a questão. “Estou com raiva e magoada como muitos de nós. Eu nunca vou entender pessoalmente o medo e a dor que a comunidade preta tem de passar diariamente, mas eu sei que ninguém deveria viver num medo constante”, afirmou, declarando seu apoio ao movimento “Vidas Pretas Importam”.

Continua depois da Publicidade

“Eu reconheço meu privilégio branco e prometo que vou continuar a me educar sobre como eu posso ajudar”, completou. Kendall ainda citou o assassinato brutal de Floyd: “Descanse em paz, George Floyd e todas as vítimas dessa injustiça terrível”.

View this post on Instagram

to everyone reading this and to myself: keep researching, reading, and educating yourself on how we can become better allies. I’ve been doing a lot of thinking these past few days and my heart has been so heavy. I’m angry and hurt just like so many. I will never personally understand the fear and pain that the black community go through on a daily basis, but i know that nobody should have to live in constant fear. I acknowledge my white privilege and promise I will continue to educate myself on how I can help. raging on platforms can not be all that we do in order to repair the system, we need to take real action, off of social media. this is a time to have those uncomfortable conversations with people and mainly with ourselves. we must also make sure we are ready to vote when the time comes to elect the right people into office. the one truth that will always ring loudest is that BLACK LIVES MATTER. ❤️ rest peacefully George Floyd and all victims of this horrible injustice

A post shared by Kendall (@kendalljenner) on