Beyoncé é acusada de pagar mal seus dançarinos e coreógrafo sai em defesa da cantora: “Me recuso a deixar vocês sujarem o nome dela”

Onde tem Beyoncé, tem um exército de bailarinos com coreografias babadeiras a acompanhando. E fica sempre aquela curiosidade: quanto será que eles recebem?! Bom, de acordo com uma associação dos profissionais, é bem menos do que deveria… A acusação acabou não pegando muito bem com JaQuel Knight, coreógrafo da estrela há mais de 10 anos, que disparou duras críticas a respeito do texto publicado nas redes sociais.

Toda a polêmica teria começado com um suposto anúncio da equipe da cantora procurando por bailarinos para a gravação de um clipe. No Instagram da organização Dancers Alliance, eles alegam que o sindicato SAG-Aftra descobriu que os selecionados para a produção receberiam 250 dólares por dia, algo em torno de mil reais. Porém, esse valor vai contra o salário de 500 dólares (2 mil reais) por dia, que foi definido pelo DA.

“Dançarinos aceitarem essas taxas baixas para um artista desse calibre ou qualquer outro artista é inaceitável. Coreógrafos não baterem de frente com as empresas de produção em relação aos salários-base apropriados para contratar dançarinos profissionais é inaceitável! Agentes NÃO informarem as empresas de produção os salários-base da DA e manterem para sua lista de clientes essas taxas antes mesmo dos testes é inaceitável!”, escreveram na publicação.

View this post on Instagram

Want to know WHY non-union rates have not increased over $500 a day in the last 20 years? With non-union music videos such as the Beyoncé MV, that’s shooting as we speak, for $250 + 20% agency (per day), dancers, choreographers, and agents are NOT upholding the DA baseline standard of at least $500 + agency. Dancers accepting these low rates for this caliber artist or any artist is UNACCEPTABLE! Choreographers not sticking up to production companies about proper DA baseline rates to hire professional dancers is UNACCEPTABLE! Agents NOT informing production companies and upholding their roster of clients’ to DA baseline rates before the call is sent out is UNACCEPTABLE! This flawed system is never going to change without DANCERS TAKING THEIR POWER BACK! We MUST stand by the DA baseline non-union rates for ourselves as a community! But it takes EVERY SINGLE ONE OF US! . #dancersalliance #dancecommunity #dance #professional #professionaldancer #musicvideo #beyonce #artist #nonunion #thesystemisflawed #unacceptable #dancers #choreographers #agents #rates #wages #worth #knowyourbusiness #knowyourworth #wemuststandtogether 🙌🏼🙌🏽🙌🏿🙌🏻🙌🏾

A post shared by Dancers Alliance (@dancersalliance) on

A denúncia chegou ao conhecimento de JaQuel, que usou seus stories no Instagram para rebater o texto da Dancers Alliance. “@dancersalliance Eu me recuso a deixar vocês virem e jogarem sujeira no nome dessa mulher. Alguém que continua a oferecer não apenas oportunidades, mas também o nível mais alto de excelência para muitos dançarinos e artistas, mesmo quando ela está de ‘folga'”, escreveu em um trecho.

View this post on Instagram

Jaquel speaks #period #HappySunday #🐝🐝🐝

A post shared by Beyfan (@axixx25) on

O profissional ainda reuniu algumas imagens, como a tabela de valores do sindicato e um print do anúncio que convocava os bailarinos para o teste, com o intuito de comprovar que não houve um gesto de “má-fé e exploração” por parte da produção. “Nunca pedimos que trabalhassem por dois dólares ou menos do que as taxas ‘DA’. Então, para todos vocês que entraram nessa onda de noção emocional e auto-concebida de reportagens tão baixas, isso é embaraçoso. Então, por favor, todos encontrem um novo alvo”, pediu, antes de sugerir que a Dancers Alliance comprovasse o valor que foi pago aos dançarinos.

JaQuel também fez um post no feed agradecendo as pessoas que compareceram às audições e deixou mais uma alfinetada para a associação. “Me lembro de vir para LA em minha primeira visita em 2006 e ficar impressionado ao ver todos os meus dançarinos favoritos bem ao meu lado. Então, espero que essa audição tenha sido assim para vocês!! São os momentos de perseguir a grandeza que tornam o processo ótimo, não o cheque. Lembre-se disso!!”, disse.

View this post on Instagram

:: And in other news, I want to say thank you to all the 500 Dancers that showed up this past week in #LosAngeles and left their hearts on the dance floor! It’s been a minute since I’ve been able to see new talent, so it felt good to be back in that space!! 😍⁣ ⁣ I remember coming to LA my first visit back in 2006 and being blown away from seeing all my favorite dancers right there beside me, in the flesh!! So I hope this audition was that for you!! 🙌🏾⁣ ⁣ It’s the moments of chasing greatness that make you great, not the check. Remember that!! 😉⁣ ⁣ And s/o to these knuckleheads in the pic that have to deal w my antics and made the past few days seamless!! Love you all!! 😍⁣ ⁣ #Dance #Audition #TheLife #Thankful #Beyonce #SingleLadies #Coachella #Dance #Beychella #Pharrell #JayZ #ZaraLarsson #BritneySpears #NERD #Shakira #Cher #BigSean #HumanRace #Choreography #Adidas #TuckerHigh #SuperBowl #Grammys #InstaDance #JaQuelKnight #JKDay #JaQuelKnightDay

A post shared by JAQUEL KNIGHT (@jaquelknight) on

Com a repercussão, a Dancers Alliance fez um outro post afirmando que nunca quis atacar uma artista específica, mas denunciar o sistema de pagamentos abaixo da média dentro do setor. “A mudança tem que começar em algum lugar!! O objetivo da DA não é e nunca foi malicioso. Trabalhamos duro para educar e melhorar a comunidade de dança em geral. É lamentável que um trabalho que pague abaixo das taxas mínimas de DA esteja vinculado a uma amada artista da indústria e, embora não houvesse coreógrafo contratado para esse trabalho, as especificações de elenco pediram especificamente que DANÇARINOS trabalhassem em um papel principal por US$ 250 por dia, isso é inaceitável”, falaram.

View this post on Instagram

Change Has To Start Somewhere!! DA’s goal is not and has never been malicious. We work hard to educate and better the dance community across the board. It is unfortunate that a job paying below DA minimum rates is attached to a beloved industry artist, and while there was no choreographer hired on this job, the casting specs specifically asked for DANCERS to work in a principle role for $250 a day, and that is UNACCEPTABLE. Our intention is to inform the community with the facts. In no way are we blaming one person, if anything we used this example to show how our SYSTEM IS BROKEN. The change we’re all looking for has to start with the DANCERS. And hopefully with the help of choreographers and agents, we can change business as usual. It was confirmed ‪Beyoncé‬ was the artist shooting the music video in question. The casting call stated: Role Type: Principle Looking for models, actors, dancers Rate $250 + 20% agency No active choreographer listed on this particular casting call Any time a dancer is being hired for a principle role in a non-union music video, the rate is the Dancers Alliance minimum of $500 per shoot day. Our message is about accountability within our community, and that’s what’s needed more than ever! . #dancersalliance #dancecommunity #dance #music #artists #recordingartist #dancers #choreographers #agents #system #thesystemisbroken #letsfixit #change #valuedartists #value #worth #knowyourworth #changestartswithus 🔑🔑🔑

A post shared by Dancers Alliance (@dancersalliance) on

“Nossa intenção é informar a comunidade com os fatos. De forma alguma estamos culpando uma pessoa, usamos este exemplo para mostrar como nosso SISTEMA ESTÁ QUEBRADO. A mudança que estamos procurando tem que começar pelos DANÇARINOS. E, esperançosamente, com a ajuda de coreógrafos e agentes, podemos mudar os negócios”, argumentaram.