Fotojet (43)

Caso Britney Spears: Advogado da cantora aponta o verdadeiro e traiçoeiro motivo de Jamie Spears desistir da tutela

Onde tem fumaça, tem fogo?! Nesta terça-feira (7), a CNN norte-americana relatou que Jamie Spears havia preenchido uma petição para a Justiça finalmente colocar um fim na tutela de Britney Spears. Em meio aos vários rumores de que o patriarca estava tentando extorquir a filha para deixar o cargo de tutor, o advogado da estrela, Mathew Rosengart, apontou que Jamie teria tomado tal iniciativa por medo da prestação de contas de tudo que foi gasto nos últimos anos com o dinheiro da artista, além das acusações de abusos feitas por Britney recentemente.

Segundo os documentos que vieram à tona ontem, Jamie Spears mudou o argumento de seus discursos nos últimos anos, e pela primeira vez alegou que Spears não precisaria mais da tutela. “Eventos recentes relacionados a esta tutela colocaram em questão se as circunstâncias mudaram a tal ponto que os fundamentos para o estabelecimento de uma tutela podem não existir mais”, disse. “Como o Sr. Spears disse várias vezes, ele só quer o melhor para sua filha. Se a Sra. Spears deseja encerrar a tutela e acredita que ela pode cuidar de sua própria vida, o Sr. Spears acredita que ela deveria ter essa chance”, completou.

Em entrevista para a NBC nesta quarta-feira (8), Mathew Rosengart alegou que as intenções de Jamie Spears em encerrar a tutela o quanto antes e de forma repentina seriam outras. “Tendo exposto sua má conduta e o plano impróprio para manter sua filha como refém ao tentar extrair um acordo multimilionário, o Sr. Spears agora efetivamente se rendeu. Não há acordo”, começou o profissional, referindo-se às tentativas de extorsão do pai da cantora.

Continua depois da Publicidade

Desde que assumiu o caso de Britney Spears, Rosengart entrou de cabeça para finalmente fazer com que a diva pop se livrasse do pai como tutor. Seus planos para os tribunais incluía uma prestação de contas detalhada de tudo que foi feito com o dinheiro de sua cliente nos últimos anos, tentando comprovar a gestão incompetente. E seria justamente isso que Jamie está tentando evitar.

Jamie Spears teria tentado receber dinheiro para deixar a tutela de Britney. (Foto: Reprodução / Instagram)

“Parece que o Sr. Spears acredita que ele pode tentar evitar a prestação de contas e a justiça, incluindo sentar-se para um depoimento juramentado e responder às descobertas feitas sob juramento, mas conforme avaliamos sua petição – que foi enviada indevidamente à mídia antes de ser apresentada por um advogado – nossa investigação continuará”, garantiu Rosengart. Ainda, o advogado alegou que não vai ignorar os depoimentos concedidos por Britney Spears no tribunal, denunciando o pai de abusos durante o tempo em que controlou as finanças e decisões pessoais e profissionais dela.

“Meu pai e todos os envolvidos nesta tutela e na gestão da minha carreira que desempenharam um papel fundamental em me punir – senhora, eles deveriam estar na prisão. Estou aqui para me livrar do meu pai e acusá-lo de abuso de tutela. Quero que ele seja investigado. Essa tutela permitiu que meu pai arruinasse minha vida”, desabafou Britney Spears em seu último depoimento no mês de julho. Uma nova audiência sobre o caso está agendada para o dia 29 de setembro.

Continua depois da Publicidade

Entenda o caso da tutela de Britney

Em 2008, Britney Spears passou a viver sob tutela gerenciada por seu pai, Jamie Spears, e desde então a estrela não tem mais controle sobre sua própria trajetória. Em setembro do ano passado, um juiz nomeou a gestora Jodi Montgomery como tutora temporária de questões pessoais da artista, depois que seu pai deixou o cargo, alegando “razões pessoais de saúde”. Jamie ainda é responsável por controlar a parte financeira da vida da filha.

Nos Estados Unidos, o status de tutela é decretado por um tribunal para pessoas incapazes de tomar decisões por si mesmas. No caso da cantora, ela passou por um período conturbado em 2007, devido ao descontrole do uso de substâncias ilegais e bebidas alcoólicas, tendo como resultado diversos problemas na justiça, principalmente em relação à guarda dos filhos.

Britney Spears (4)
Britney Spears foi medicada por oito anos contra sua vontade. (Foto: Getty)

Continua depois da Publicidade

Preocupados com o bem-estar da estrela, fãs de todo o mundo tomaram as redes sociais e até mesmo as ruas com o movimento #FreeBritney. A campanha atingiu o topo dos assuntos mais comentados do Twitter no Brasil e no globo, e continua sendo um tema recorrente na mídia. A diva pop também chocou o mundo em junho deste ano, quando falou pela primeira vez no tribunal, e denunciou vários abusos que sofreu durante o período em que esteve sob a interferência direta de Jamie Spears.