Duda Reis chora em entrevista ao Fantástico, e Nego do Borel rebate; Mais uma ex do cantor revela ataque violento – Assista

Neste domingo (17), foi ao ar uma entrevista exclusiva concedida por Duda Reis ao “Fantástico”. A atriz voltou a fazer graves acusações contra seu ex-noivo, Nego do Borel, e deu detalhes de como os abusos e as agressões que ela sofreu aconteceram. O cantor, por sua vez, também falou com a equipe da reportagem, negando todas as denúncias.

Duda relatou que precisou tomar muitos remédios, após ser diagnosticada com depressão, síndrome do pânico, bulimia e anorexia. Segundo ela, eram em dias em que estava dopada com a medicação que Nego aproveitava para fazer sexo sem que ela entendesse o que estava acontecendo. “Tem até um vídeo que saiu na internet, que eu tô bem dopada. O que acontecia quando eu estava dopada, é que ele vinha ter relação comigo, sexual, e eu aceitava… Eu não tinha consciência“, contou.

Continua depois da Publicidade

Às vezes a gente acha que estupro é a pessoa te pegar, sair te arrastando, pegar uma pessoa desconhecida na rua, mas não. O não é não, e quando eu tive essa consciência eu fiquei muito mal, como eu passei e me submeti a muita coisa e quieta. Isso que é pior“, continuou a influenciadora.

Nego do Borel e Duda Reis terminaram o noivado em dezembro de 2020. Foto: Reprodução

Nego, que recebeu a equipe em sua casa para a entrevista, negou categoricamente essa acusação. “Não houve sexo sem o consentimento dela. Isso que ela está falando é mentira. Não sei porque ela está falando isso. Não sei porque ela está inventando isso“, disse.

Reis relembrou também de um episódio em que sentiu muito medo do ex-parceiro. “Depois do carnaval, quando eu fui pra Sapucaí sozinha, ele não reagiu bem, teve muito ciúme, queria que eu fosse embora logo, pedia para as pessoas ficarem me espionando. Quando eu cheguei lá, ele estava me esperando. Ele estava na cozinha, segurando uma faca. Ele estava muito fora de si e eu fiquei com muito medo neste dia“, relatou.

Continua depois da Publicidade

As agressões eram constantes, principalmente as verbais. ‘Vai tomar naquele lugar, vai se….., vagabu…’. Era confuso, ao mesmo tempo que ele gostava de mim, da minha pessoa magra, ele criticava. Ele falava: ‘Nossa, olha aquela mulher, que corpão, que não sei o quê’ e eu me sentia muito mal. Era uma violência muito silenciosa pra mim, mexia muito com minha autoestima“, pontuou Duda.

O cantor, novamente, negou o que foi dito pela atriz. “Não diminuía ela como mulher. Sempre fui amigo da Duda. Eu sempre falava pra ela: ‘Amor, olha só, você é linda, você é bonita’“, afirmou. Segundo Duda, porém, as agressões eram também físicas. A influencer contou sobre um episódio em que o ator teria batido nela na frente de outras pessoas.

Tanto Duda quanto Nego entraram na Justiça para esclarecer os fatos. Fotos: Reprodução/Instagram

A primeira agressão que eu lembro muito, é no aniversário dele, ele veio pra cima de mim e me jogou em cima de várias cadeiras. Ele vinha em cima de mim, ele quebrava as coisas na casa, quando ele ficava nervoso ele falava: ‘Eu tô quebrando, pra não quebrar você’. Teve um episódio que ele conseguiu quebrar uma porta no meio dando cabeçada, pra não me quebrar“, disse.

Continua depois da Publicidade

Já o cantor tem uma outra versão dessa história. “Não, eu não empurrei ela. A gente discutiu, ela gritou comigo, eu gritei com ela de igual pra igual, como um casal, por causa de um ciúme que eu tive“. Sobre quebrar objetos da casa, ele também negou. “Mentira também. Aconteceu de uma vez, a gente estava no quarto e eu não sei o motivo da nossa discussão, que eu levantei e falei: ‘Caraca, cara’ e o videogame escapou da minha mão e quebrou a televisão. Eu não vou quebrar minha televisão, cara pra caramba, por causa de uma discussão. Aconteceu, não foi porque eu peguei pra jogar nela“, garantiu.

Ameaças a Duda e sua família

Em seu Instagram, Duda já havia afirmado que Nego fazia graves ameaças contra sua família. Na entrevista de ontem, a influencer voltou a acusar o cantor de dizer que mandaria matar os familiares dela. “Eu tinha medo, eu sofri ameaças, até de morte. Que ele ia mandar matar a minha família, se eu não colaborasse. Que eu estava mexendo com cachorro grande… A gente se questiona, se você é vítima porque você não denunciava? Você é dependente da pessoa, você é cego“, explicou.

O cantor se defendeu: “Em nenhum momento, eu falei que ia matar a família dela, o pai dela. Desculpa, eu tenho muita vida pela frente, eu tenho muitas coisas pra conquistar“. Luiz Fernando, pai de Duda, foi uma das pessoas que mais criticou Nego do Borel nas redes sociais, afirmando há muito tempo que a filha vivia em um relacionamento abusivo com o rapaz.

Continua depois da Publicidade

Um dos momentos mais dolorosos que teve, foi quando ela nos desmentiu nas mídias sociais. Ela faz uma declaração, que ela não tinha sido agredida. Eu tive a certeza convicta que não era minha filha falando“, revelou. O vídeo em questão, segundo Duda, só foi gravado porque Nego a obrigou. “Eu estava sentada aqui e ele na minha frente, aos gritos, me mandando gravar pra eu cuidar da minha família, se eu quisesse minha família viva eu teria que gravar o vídeo“, contou. Assista:

Segundo a atriz, o cantor era extremamente possessivo e, por isso, Reis acabou perdendo o vínculo com os amigos e a família. Nego, porém, também negou a acusação. “Eu falava pra ela, inclusive eu tenho nas conversas, eu falava: ‘Seus pais podem estar chateados comigo, podem não aceitar nossa relação, mas eles são seus pais. Amor, vai visitar eles, vai ficar com eles, dá carinho pra eles… Ela falava: ‘Não, minha família é você“, disse.

Acusações de ex-namorada

A reportagem do “Fantástico” conversou com Swellen Sauer, ex-namorada e ex-empresária do cantor. Ela revelou que também viveu experiências traumáticas com Nego, afirmando que ele já tinha atitudes agressivas naquela época, mais ou menos em 2013. “Ser contrariado e quebrar coisas, ser contrariado e bater com a própria cabeça numa placa de rua, ser contrariado e te chamar em um camarote de uma boate e te dar um soco na costela“, relembrou.

Continua depois da Publicidade

Ela relatou ainda um episódio em que, durante uma crise de ciúmes, Nego a sufocou com um cabo de carregador de celular. Segundo Swellen, ela não denunciou o cantor por ser empresária dele. “Eu pensava muito no trabalho. Eu falava: ‘Não posso destruir o CNPJ que eu estou ajudando a construir’. E isso me deixava muito confusa. As pessoas duvidam muito da gente, e aí eu entendo por que muitas vezes a gente não fala“, desabafou.

O cantor, mais uma vez, negou todas as acusações. “Em muitas coisas elas estão mentindo. Eu traí, assumo meu erro, peço perdão, desculpa à Duda“, disse ele. Assista à reportagem: