Filho de Alex Escobar chama o pai de “monstro”, reclama de reação à homossexualidade e pede por socorro em relato forte sobre depressão; Jornalista desmente: “Estou sendo injustiçado”

[Alerta Gatilho!!!] Nesta terça-feira (01), Pedro Escobar, filho do jornalista Alex Escobar, recorreu às redes sociais para um grande desabafo. Nele, o rapaz mencionou que o pai teria cometido certos abusos e negligenciado um quadro depressivo do filho. Em resposta às mensagens, o apresentador do “Globo Esporte” se pronunciou à coluna de Leo Dias, alegando ter sido alvo de uma injustiça.

Tudo começou quando Pedro publicou o forte depoimento em seu Twitter. Nos tweets, ele explicou porque estava falando aquilo e mencionou problemas com seu pai. “Depois de sofrer muitos abusos da parte dele, eu decidi expor e me manifestar. Eu tenho depressão há 5 anos. Desde que ele descobriu que eu era gay e passou três meses sem falar comigo. Depois disso as coisas só foram piorando mais”, iniciou o rapaz.

Pedro comentou também de um triste episódio, em que tentou tirar sua própria vida. Segundo ele, a reação de Escobar teria o decepcionado e dificultado as coisas. “Em dezembro de 2017 eu tive uma tentativa de suicídio em que eu tomei uma grande quantidade de remédios e fiquei internado. Nesta ocasião, a única ação dele foi me dar uma bronca e dizer que sou um ingrato por fazer isso”, revelou.

O jovem compartilhou prints de conversas com o pai e, novamente, criticou a forma com a qual ele supostamente lidava com tudo. “Estou à beira de cometer suicídio e ele continua tratando tudo isso como ‘mimimi’. Esse homem é um monstro. Parem de dar palanque para um homem que trata a saúde mental do próprio filho como ‘mimimi’. Eu não tenho renda para entrar com uma ação judicial contra ele e ir atrás dos meus direitos, por isso venho aqui pedir socorro aos meios de comunicação”, escreveu Pedro.

Confira:

Relato forte de Pedro Escobar sobre supostos abusos do pai, Alex Escobar. (Foto: Reprodução/Twitter)

Após ser procurado pela coluna de Leo Dias, Escobar negou as afirmações do filho. “Como me defender de uma coisa que eu não sou? Que eu não faço? Estou sendo injustiçado. E é a minha palavra contra a dele, infelizmente. Pergunta para as pessoas que me conhecem, que convivem comigo, nossa família. Essas pessoas podem dizer melhor do que eu, e podem ter até mais credibilidade, já que estamos falando um contra o outro”, refutou o jornalista.

O ex-competidor do “PopStar” endossou que as falas de Pedro seriam mentirosas e contou estar com a consciência tranquila sobre a história. “Ele toca em temas sensíveis ali, realmente, mas são totalmente mentirosos. Cem por cento das pessoas que convivem comigo podem atestar isso. Eu tenho a minha consciência muito limpa de que não sou o que ele descreve, de que não fiz o que ele descreve, e a minha família e os meus amigos podem falar por mim”, defendeu-se Escobar.

O apresentador, por fim, lamentou a situação: “Estamos todos muito tristes. É muito injusto”. No seu desabafo, Pedro acusou Escobar de não não ter aceitado contribuir com seus estudos, e insinuou que o pai não estaria pagando a pensão devidamente. Depois de todas as publicações, o jovem deletou seu perfil na rede social.

IMPORTANTE: Depressão é um assunto super sério e pode atingir qualquer pessoa. Se você ou alguém que você conhece está passando por dificuldades emocionais ou considerando o suicídio, ligue para o ‘Centro de Valorização da Vida’ pelo número 188. O CVV realiza apoio emocional, atendendo voluntária e gratuitamente todas as pessoas que querem e precisam conversar, sob total sigilo por telefone, email e chat 24 horas todos os dias. Para mais informações, clique aqui.