GÊNIA! Taylor Swift apenas teve a MELHOR ideia para usar sua própria música em ‘Killing Eve’, sem ceder lucros para o rival Scooter Braun! Vem descobrir a ‘jogada de mestre’!

Taylor Swift sendo genial mais uma vez! Na noite desse domingo (24), a cantora surpreendeu seus fãs ao comemorar a aparição de um cover de “Look What You Made Me Do” de uma banda desconhecida chamada “Jack Leopards and The Dolphin Club” na abertura da terceira temporada de “Killing Eve”. As especulações logo começaram a surgir após os seguidores da artista notarem que a banda não tinha qualquer crédito e sequer existia antes da divulgação do tal cover.

Os fãs da artista, ligeiros que são, não demoraram muito para juntar os pontos e descobrir que a canção foi lançada por ela mesma, usando um pseudônimo já conhecido, ao lado de seu parceiro musical de longa data, Jack Antonoff, e com os vocais de seu irmão, Austin. Tudo isso teria por trás, a estratégia de recuperar o controle e os lucros de suas próprias canções. Como se sabe, boa parte do catálogo de gravações de Swift está agora sob o domínio de Scooter Braun, que comprou a gravadora Big Machine Records, e consequentemente, os seis primeiros álbuns da loira, no ano passado.

“MUITO ANIMADA com esse cover de ‘LWYMMD’ em Killing Eve de Jack Leopards & The Dolphin Club”, comemorou Taylor nas redes ontem à noite, publicando um vídeo da abertura da série ao som do single que ganhou uma vibe mais lenta e melancólica.

A música logo foi publicada oficialmente no Youtube e em outras plataformas de streaming, nas quais nos créditos era possível ler “Nils Sjöberg” como produtor. Esse é um pseudônimo criado por Taylor em 2016, quando ela co-escreveu o hit “This is What You Came For”, de seu ex-namorado, Calvin Harris.

Mais tarde, a cantora acabou revelando que estava por trás do hit após alguns desentendimentos com o DJ. Um ano depois, durante a “Reputation Era”, a loira ainda fez uma menção ao nome ao colocá-lo em um túmulo como easter egg no clipe, justamente, de “Look What You Made Me Do”.

Jack Antonoff aparece no nome deste novo grupo e também com seu próprio nome nos créditos da canção. E qual o envolvimento de Austin? Assim como Taylor, seu irmão tem um envolvimento sutil. O nome dele não aparece em nenhum crédito, mas os swifties mais atentos perceberam que a capa do cover era uma adaptação de uma foto do menino na infância!

No tal clique, Austin ainda está vestindo uma camiseta com os dizeres “Dolphin Club”. Aliás, os fãs acharam provas de que o ator manteve a expressão como seu nome no Twitter durante muito tempo entre 2012 e 2013. Confira:

Além de tudo isso, em fevereiro deste ano, uma reportagem do “Daily Mail” afirmou que Taylor Swift teria pedido a Phoebe Waller-Bridge, durante uma conversa entre ambas no Globo de Ouro, se seu irmão poderia cantar na trilha sonora da terceira temporada de “Killing Eve”, que estava sendo gravada na época. Pelo jeito, Phoebe, criadora e produtora-executiva da produção, deu uma resposta afirmativa!

Ainda vale lembrar que, em dezembro de 2019, Taylor, Jack e Austin estavam juntos em um estúdio de gravação. A própria Taylor publicou imagens do momento, celebrando a surpresa de aniversário que recebeu.

A confirmação de toda essa teoria veio algumas horas mais tarde quando Taylor curtiu dois posts no Tumblr que comentavam justamente sobre seus fãs terem decifrado todas as pistas. “Taylor literalmente nos criou tão bem que nós descobrimos tudo em cinco minutos e eu estou muito orgulhosa disso e espero que ela também”, escreveu uma swiftie.

“Taylor passando pelo feed neste momento e vendo como nós conectamos os pontos: ‘Isso é hilário'”, publicou outra. Como se diz, mesmo? Gênia!

Por fim, os fãs alegam que o motivo para tudo isso seria a vontade de Taylor de recuperar o controle de suas próprias músicas. Por conta da venda da Big Machine Records, agora é Scooter Braun quem detém os direitos das gravações originais e é a pessoa que pode aprovar ou não suas aparições em filmes ou séries, lucrando unicamente com isso.

Taylor já revelou que planeja regravar seus seis primeiros álbuns para voltar a ser dona de sua própria música, mas, por contrato, ela só pode fazer isso a partir de novembro deste ano. Isso não diz respeito, entretanto, a covers feitos por outros artistas…

Através da “Jack Leopard and The Dolphin Club” e dos vocais do irmão, a artista conseguiria os direitos para usar a canção na série que quisesse e ainda lucrar com isso. Como já dissemos antes: Gênia!