Gigi Hadid é processada por postar foto do ex-namorado Zayn Malik; Sentença pode custar mais de 612 mil reais; saiba os detalhes!

Um simples post no Instagram pode gerar um prejuízo bem salgado para os bolsos da top model Gigi Hadid. De acordo com o E! News, a jovem de 24 anos está sendo processada por um fotógrafo chamado Robert O’Neil por direitos autorais, após ela publicar uma foto do ex-namorado Zayn Malik. E o pior, o registro nem foi feito na timeline, e sim nos stories do seu perfil. Ou seja, durou só 24 horas.

Mesmo que o post tenha tido um tempo de “validade”, ele não passou despercebido pelo profissional que abriu um processo contra a irmã de Bella Hadid. “Esta ação surge da reprodução não autorizada da réu e da exibição pública de uma fotografia com direitos autorais do cantor e compositor inglês Zayn Malik, de propriedade e registrada por O’Neil, um fotógrafo profissional de Nova York”, diz os documentos oficiais.

No processo, Robert O’Neil ainda acusa Hadid de ter usado a imagem de Zayn Malik de forma inapropriada e sem prévia autorização, mesmo que, na época, os dois fossem namorados. Porém, o próprio fotógrafo também não tinha tal liberação do cantor. O clique era um flagra da voz de “Body Talk” andando na rua. “Gigi Hadid não é, e nunca foi, licenciada ou autorizada a reproduzir, exibir publicamente, distribuir e/ou usar a  fotografia”, afirma o texto. Para resolver da “melhor forma”, o fotógrafo pede que a modelo declare que violou seus direitos autorais, e pague uma multa por danos morais no valor de 150 mil dólares, algo em torno de 612 mil reais.

Gigi Hadid está sendo processada por foto publicada com Zayn Malik. Foto: Getty

Gigi Hadid ainda não se pronunciou sobre o caso, mas essa não é a primeira vez que ela enfrenta uma complicação judicial por conta de direitos autorais. No ano passado, ela foi processada por uma agência de fotografia depois que publicou sem autorização uma foto dela mesma flagrada nas ruas de Nova Iorque. Na época, a modelo se pronunciou nas redes sociais e fez um longo desabafo.

“A foto é de um paparazzi e é de mim na rua do lado de fora de um evento na semana passada. Essas pessoas ganham dinheiro conosco todos os dias LEGALMENTE nos espreitando por aí… E para alguém aproveitar de uma situação em que eu estava tentando ser acessível, e me processar por uma foto que eu encontrei no Twitter (sem nenhum nome de fotógrafo na imagem), por uma foto que ele já foi pago por qualquer empresa que a publicou online (!!!), isso é um absurdo”, escreveu em um trecho do longo desabafo.

Nesta primeira batalha judicial, Gigi Hadid saiu como vencedora em julho deste ano. “Estamos satisfeitos que o tribunal concedeu a nossa moção para rejeitar este caso sem mérito. A decisão reconheceu este caso pelo que foi — um esforço para extrair um acordo da Sra. Hadid com pouca consideração pelos requisitos básicos da lei de direitos autorais”, disse o advogado da modelo, John Quinn.