Guta Stresser Pedro Cardoso

Guta Stresser acusa Pedro Cardoso de assédio moral “horrível” em “A Grande Família”, e revela detalhes

A intérprete de Bebel no seriado deu mais detalhes de como era a relação complicada com o colega de elenco

Após revelar o motivo de sua briga com Pedro Cardoso nos bastidores de “A Grande Família”, Guta Stresser voltou a falar sobre a relação complicada com o ex-colega de elenco. Nesta quarta-feira (25), a intérprete de Bebel afirmou que sofreu assédio moral no set do seriado e expôs como o ator teria feito algumas acusações sobre ela.

Segundo Guta relatou ao portal F5, da Folha, o intérprete de Agostinho Carrara teria lhe acusado de ir embriagada para o trabalho. Isso, por sua vez, teria acarretado em muitas consequências negativas. “Não gostaria de ficar relembrando a situação. Mas, eu sofri um assédio horrível. Ele me acusou de trabalhar alcoolizada e isso me prejudicou demais na carreira”, desabafou a artista.

Agostinho Bebel Globo Joao Miguel
Apesar de viverem o casal Agostinho e Bebel, Pedro Cardoso e Guta Stresser viviam um clima tenso nos bastidores de “A Grande Família”. (Foto: TV Globo/João Miguel Júnior)

Continua depois da Publicidade

Nesta semana, em entrevista ao programa “Sensacional”, Guta já havia dito que até voltaria a trabalhar com Pedro, desde que ganhasse o dobro do salário. Agora, ela explicou por qual razão teria essa condição. “O salário teria que ser o dobro para compensar o tempo que recebi a metade que ele ganhava em ‘Grande Família'”, afirmou Stresser.

Entenda a briga

No programa da Rede TV, Guta Stresser revelou como sua briga com Pedro Cardoso começou no ano de 2012 — dois anos antes de “A Grande Família” chegar ao fim na programação da TV Globo. Na ocasião, a atriz se recusou a gravar uma cena novamente. “Eu estava irritada esse dia. Estávamos gravando uma cena bem complexa. Era um dia chuvoso e eu estava de [blusa de] alcinha. A diretora falou que queria fazer mais uma vez e eu: ‘Sério? Está bom, está chovendo e estou morrendo de frio. Ele [Pedro] disse algo como: ‘Não fala assim’ e eu: ‘Não se mete, estou falando com ela’. Para quê? Ele ficou muito bravo”, contou a artista.

Continua depois da Publicidade

Porém, o climão não foi esquecido e a convivência profissional acabou ficando bem delicada. “Logo em seguida foi péssimo. Ensaiava sem olhar [para ele]. Aí no ‘gravando’ eu fazia [olhando]. Mas os autores foram muito legais, escreveram uma separação para eles [as personagens] e aí teve toda uma história da gente se separar”, recordou Stresser.

A atriz explicou que não guarda mágoas de Cardoso, mas alegou que toda a situação criada a prejudicou profissionalmente, especialmente por conta das declarações feitas pelo ator publicamente. “Não tenho [mágoa], mas eu acho que me prejudicou. Para começar, foi muito maior do que precisava o tipo de desqualificação. Imagina falarem: ‘Você não é nada, só existe porque eu existo’, em alto e bom tom, para todo mundo ouvir”, lamentou. “Me acusou de coisas que eu considero inverdades, injustas. Estou esperando [o pedido de perdão] até hoje. Hoje em dia para trabalhar com ele, só ganhando o dobro”, finalizou a respeito de Cardoso, que atualmente vive em Portugal.