Johnny Depp teria chorado ao descobrir que chutou Amber Heard; Astro alega que ex era violenta e recorda “presente” absurdo que ela teria deixado na cama, no fim do casamento — saiba detalhes!

Nesta segunda-feira (13), a Alta Corte de Londres presenciou mais um dia do julgamento do processo de Johnny Depp contra o jornal The Sun. De acordo com o Page Six, após uma série de acusações trocadas, o astro de “Piratas do Caribe” relatou um caso em que teria levado um soco da então esposa, Amber Heard, e também afirmou que o estopim para o fim do casamento foi um episódio bizarro envolvendo fezes na cama.

Johnny Depp alega ter levado um soco

Pouco antes do aniversário de 30 anos de Amber Heard, em 2016, Depp teria saído de uma reunião na qual descobriu que perdeu US$ 750 milhões (cerca de R$ 4 bilhões). “Desde ‘Piratas’ 2 e 3 – e isso é ridículo de se falar, é embaraçoso – aparentemente eu ganhei US$ 650 milhões”, iniciou o ator em seu depoimento à Corte, acrescentando que teria sido roubado pelo antigo agente de sua carreira.

“Eu não apenas perdi US$ 650 milhões, mas eu também estava devendo mais US$ 100 milhões porque eles não pagaram meus impostos ao governo por 17 anos”, detalhou ele sobre seu estado antes de comparecer ao aniversário de Heard. Após a reunião “muito feia e desagradável”, ele assumiu ter fumado maconha até chegar à comemoração. “É um agente calmante para mim”, disse.

Johnny insistiu que quem era agressiva era sua ex-mulher, e que ela teria ficado furiosa assim que ele foi para o quarto ler — ao invés de ter ido curtir a celebração. A Corte teve acesso aos detalhes de uma gravação secreta que a atriz mesmo teria feito, na qual o ator afirma ter levado um violento soco “haymaker” dela. “Você veio perto da p*rra da cama para começar a me bater”, teria dito ele no registro.

Questionado sobre o que seria esse soco “haymaker”, Depp respondeu: “É só um golpe selvagem… tipo um soco circular. É como uma pancada selvagem, mas é efetivo se ele atinge o alvo”. Segundo o ator, ele também teria se esquivado da briga. “Nessas circunstâncias de ser forçado numa discussão ou altercação prolixa, eu não achei que fosse a coisa errada a se fazer… Eu pensei que fosse melhor que eu me tirasse daquela discussão, porque parecia ridículo para mim”, acrescentou.

Após acusações de Amber Heard, Johnny Depp alega que sua ex-mulher é quem era violenta na relação. (Foto: Getty)

Quanto aos acontecimentos daquela noite, o advogado de Johnny, David Sherborne, mencionou que Erin Boerum, uma enfermeira que estava no aniversário, fez anotações afirmando que o artista era “coerente”, “sociável” e “afetuoso”. No entanto, quando se referiu à Amber, a mulher afirmou que “parecia que ela estava irritável e chateada”, e “brava com seu marido porque ele estava atrasado”.

Por outro lado, Depp também teria sido agressivo naquela noite. De acordo com as afirmações, ele teria arremessado uma garrafa grande de champagne na então esposa. Não apenas isso, o astro de “A Fantástica Fábrica de Chocolates” é acusado de ter jogado Amber ao chão, de ter puxado o cabelo dela e ainda de ter deixado um bilhete escrito: “Feliz Aniversário, c*ralho”.

Choro ao descobrir que chutou a esposa

A Corte também teve acesso a mensagens de Stephen Deuters, que era assistente pessoal de Johnny, nas quais ele revela a Amber quais foram as reações do ator ao descobrir que teria a agredido, durante uma briga por conta de James Franco. “Ele ficou horrorizado. Quando eu contei a ele que ele te chutou, ele chorou”, contou Deuters. “Foi nojento. E ele sabe disso”, pontuou o funcionário, em mensagens da época.

Por ciúmes de James Franco, Johnny Depp teria chutado Amber Heard durante um voo. (Fotos: Getty).

De acordo com o The Sun, o episódio aconteceu em 2014, num voo de jatinho. Segundo a advogada do jornal, Depp teria não só chutado, como dado tapas na esposa, gritando sobre ela ter “f*dido com James Franco”, desmaiando logo na sequência no banheiro do avião. Todavia, apesar das mensagens, Deuters deu uma versão um pouco diferente ao depor no julgamento.

Para o então assistente – que segue trabalhando para o artista – Johnny teria “apenas desenhado ou pintado” no voo, e estava “bastante introvertido”. Deuters alega nunca ter ouvido o patrão gritando algum abuso. Quanto ao chute, ele afirmou que teria apenas visto o ator levantar o pé lentamente pelas “costas ou por baixo” de Heard. Quando confrontado ao afirmarem que, na verdade, aquilo foi um “chute propriamente dito nas costas dela, uma agressão”, ainda assim, ele negou: “Não, eu não vi isso”.

Episódio da “defecação na cama”

Logo após o aniversário de Amber, o estopim para o término do casal teria acontecido. De acordo com Sasha Wass, advogada do The Sun, Depp encontrou fezes humanas na cama. “Eu estava convencido de que foi a própria Heard ou uma de seu grupo que estava envolvida em deixar fezes humanas na cama”, disse ele no tribunal.

A Corte também soube de um episódio em que Johnny Depp teria encontrado cocô em sua cama, ao qual ele ligou à Amber Heard ou alguma das amigas dela. (Fotos: Getty)

Wass afirmou que Johnny teria dito em mensagens que achava aquilo “hilário”. Contudo, diante da Justiça, o artista contou ter achado a situação “absurda”, o que o teria levado a se separar da atriz. “Eu pensei que era um fim bizarro e estranhamente apropriado para o relacionamento”, contou ele. Que horror…

Relembre o caso

Depp está processando o tabloide britânico The Sun, após o jornal ter se referido a ele como “espancador de esposas” em uma matéria de 2018. Durante dias de depoimentos, o ator admitiu ter escrito uma mensagem de sangue com seu dedo mutilado após briga com a ex, chamou James Franco de “estuprador”, e também confessou ter dado cabeçadas “acidentalmente” em Amber Heard.

As acusações de Amber Heard e Johnny Depp após o divórcio têm vindo à tona durante o processo do astro contra o The Sun. (Fotos: Getty)

A atriz, por sua vez, deu mais relatos sobre o comportamento agressivo dele. Conversas antigas entre Johnny e Paul Bettany, o intérprete do Visão em “Vingadores”, também expuseram que eles comentavam sobre modos de matar Amber Heard.

Já na última sexta-feira (10), em um áudio exposto no julgamento, Johnny Depp fez um pedido sórdido a Amber Heard. Além disso, supostas mensagens expuseram ameaça bizarra do ator a Elon Musk. Pelo visto, essa briga parece estar longe de chegar ao fim…