Gatt

Joseph Gatt, ator de “Game of Thrones” e “Thor” é preso, acusado de manter conversas sexualmente explícitas com menor de idade

O artista negou todas as acusações e disse estar cooperando com a polícia

O departamento de polícia de Los Angeles anunciou nesta quarta-feira (13), a prisão do ator Joseph Gatt. Ele foi detido através de um mandado, acusado de supostamente manter conversas sexualmente explícitas com um menor de idade. As informações são do Deadline.

Segundo as autoridades, o artista de 50 anos foi preso no dia 6 de abril, às 4:45 horas. Isso aconteceu depois que eles receberam informações de que Gatt estaria mantendo contato online com alguém menor de idade que vive em outro estado dos EUA. O ator “foi consequentemente apreendido pelos detetives”. Entretanto, ele foi solto no mesmo dia, após pagar uma fiança de mais de R$ 23 mil.

Em um comunicado divulgado pelos policiais, eles informaram que estão “procurando identificar quaisquer vítimas adicionais”. O próprio Gary postou uma nota em suas redes sociais nesta quarta, afirmando que as alegações são “horríveis e totalmente incorretas”. “ Eles estão 100% categoricamente errados e imprudentes. Eu pude confirmar erros e informações falsas no pronunciamento de hoje”, apontou ele, que ainda disse estar “cooperando totalmente com a Polícia de Los Angeles para ir até o fundo disso”.

O artista teve papéis coadjuvantes no filme “Thor”, de 2011, em “Star Trek Into Darkness” e em “Dumbo”. Nas telinhas, ele viveu Thenn Warh em “Game of Thrones”, e atuou em “Banshee”, “Teen Wolf”, “Ray Donovan” and “NCIS: New Orleans”.