Kanye Billie Travis

Kanye West ameaça cancelar show no Coachella se Billie Eilish não se desculpar com Travis Scott; cantora se manifesta

Ye acreditou que Billie teria alfinetado Travis sobre a tragédia no festival “Astroworld”, mas a cantora negou a história

Kanye West envolveu-se em uma nova polêmica nesta quinta-feira (10). Após Billie Eilish pausar um show para ajudar um fã, alguns veículos especularam que ela teria soltado uma indireta para Travis Scott, por conta de uma tragédia no festival do músico. Agora, Ye cobrou um pedido de desculpas de Billie, caso contrário, não se apresentaria no Coachella deste ano. A cantora se manifestou sobre o caso.

A atitude de Billie

O estopim da história aconteceu no último sábado (5), durante um show de Billie Eilish na cidade de Atlanta, nos Estados Unidos. Depois de ver que uma fã estava passando mal e não conseguia respirar, a estrela interrompeu a apresentação e foi ajudá-la. “Eu tô com você. Você precisa de um inalador? Nós temos um? Podemos só pegar um?”, disse a cantora, pedindo aos presentes que não tumultuassem durante o resgate. “Tá tudo bem. Estamos cuidando dos nossos… Eu espero as pessoas estarem bem até que eu siga o show”, disse ela, sendo ovacionada pelos fãs. Assista aos vídeos abaixo:

Kanye lê sobre “indireta” e cobra desculpas de Billie

Já nesta quinta-feira (10), Kanye parece ter ficado incomodado ao ler uma matéria que falava sobre um suposto shade de Billie. No Instagram, o astro compartilhou uma notícia que dizia: “Billie Eilish alfineta Travis Scott em sua apresentação depois de parar o show para dar inalador a fã: ‘Eu espero as pessoas estarem bem até que eu siga o show'”.

Kanye West (2)
Kanye West acreditou que Billie realmente tinha feito referência a Travis Scott. (Foto: Getty)

Então, Ye afirmou que não se apresentaria no Coachella caso Billie não pedisse desculpas a Travis – vale lembrar que West e Eilish são duas das principais atrações do festival este ano. “Fala sério, Billie, nós te amamos, por favor peça desculpas para Trav e as famílias das pessoas que perderam suas vidas”, disse o astro ao trazer à tona a tragédia do Astroworld.

Continua depois da Publicidade

“Ninguém queria que isso acontecesse, Trav não tinha nenhuma ideia do que estava acontecendo quando ele estava no palco, e está muito machucado pelo que aconteceu, e sim, Trav estará comigo no Coachella. Mas agora eu preciso que Billie peça desculpas antes que eu me apresente”, concluiu West, defendendo o namorado de sua ex-cunhada, Kylie Jenner. Veja o post abaixo:

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por ye (@kanyewest)

Billie reage e não pede desculpas

Com a repercussão do caso, aumentou a pressão para que Billie se posicionasse, e foi exatamente o que ela fez. Nos comentários do post de Kanye, a jovem negou ter feito qualquer referência ao episódio envolvendo Travis. “Literalmente nunca falei nada do Travis. Estava apenas ajudando uma fã”, escreveu a cantora no Instagram. Olha só:

A tragédia do Festival Astroworld

O Astroworld Festival, comandado por Travis Scott, aconteceu no dia 5 de novembro de 2021 e foi marcado por uma enorme tragédia. O caos se instalou quando o público, com mais de 50 mil pessoas, começou a se mover em direção ao palco, resultando em 10 mortes e mais de 300 feridos. Segundo o The Hollywood Reporter, os peritos concluíram que a causa da morte das vítimas fatais foi “asfixia por compressão”, após serem esmagadas e pisoteadas.

Travis Scott Astroworld Tragedia
A tragédia no festival deixou 10 mortos e centenas de feridos. (Fotos: Getty; Reprodução)

O mais jovem a perder a vida foi Ezra Blount, de 9 anos de idade. Os outros tinham idades que variavam entre 14 e 27 anos. De acordo com a publicação, um dos homens veio a óbito por uma mistura de cocaína, metanfetamina e etanol. Além dos mortos e dos feridos que foram tratados no local, outras 25 pessoas precisaram ser transportadas para hospitais próximos. Após a tragédia, dezenas de ações judiciais foram movidas contra o rapper e os organizadores do evento. Além disso, eles são alvo de uma investigação criminal sob comando da polícia de Houston.