Kevin Spacey Arraigned On Sexual Assault Charge

Kevin Spacey é condenado a pagar R$ 173 milhões para estúdio de “House Of Cards”; entenda o caso

O ano de 2017 foi decisivo na carreira do ator Kevin Spacey, após vir à tona uma série de acusações de abusos sexuais e morais contra ele. Um dos maiores atores de Hollywood, ele foi demitido do elenco da série “House Of Cards”, em que interpretava o protagonista Frank Underwood. Agora, ele teve mais um prejuízo, dessa vez financeiro… Nesta segunda-feira (22), o artista foi condenado a pagar uma multa multimilionária para o estúdio de TV responsável pelo programa, Media Rights Capital, por violar seu contrato.

O Tribunal Superior do Condado de Los Angeles condenou Spacey a pagar a quantia de US$ 31 milhões, cerca de R$ 173 milhões, considerando a cotação atual do dólar, por conta de danos e perda de receitas que a MCR precisou arcar com a demissão do ator. O principal argumento apresentado nos tribunais foi as acusações de assédio sexual e comentários racistas nos bastidores de “House Of Cards”.

“A segurança de nossos funcionários, cenários e ambientes de trabalho é de suma importância para a MRC e é por isso que decidimos exigir responsabilidade”, anunciou a empresa em nota divulgada para a imprensa. O comunicado ainda detalhou que o processo obteve mais de 20 depoimentos e uma audiência probatória de oito dias. Em uma decisão detalhada de 46 páginas datada de 19 de outubro de 2020, o juiz concluiu que Spacey “violou repetidamente” suas obrigações contratuais em cada uma das cinco temporadas da série que ele estrelou e produziu.

E6cf1c44 B1f4 4309 B3b7 59c578f08369
Kevin Spacey já gravava sexta temporada de “House Of Cards” quando foi demitido. Foto: Reprodução

O magistrado ainda acrescentou que a MRC “não tinha escolha” a não ser interromper a produção da sexta temporada do programa, remover o personagem de Spacey do roteiro e encurtar a temporada de treze para oito episódios “com base nas revelações do padrão de assédio do ator”, afirmou o documento. De acordo com o jornal The Wall Street Journal, a MRC deverá receber US$ 29,5 milhões (R$ 164,8 milhões) pelos danos e US$ 1,4 milhão (R$ 7,8 milhões) pelos custos com advogados e despesas adicionais.

Continua depois da Publicidade

Apesar da decisão ter sido no ano passado e o processo ter tramitado sob sigilo, tudo veio a público hoje com a entrada de uma petição da MRC, pedindo que o tribunal cobre a dívida de Kevin Spacey. Em 2020, ele entrou com um pedido reconvencional, alegando que devia dinheiro depois de ter sido retirado da série e argumentando que não violou o contrato. Nem o ator nem seus representantes comentaram publicamente a decisão.