Famosos

Kim Kardashian quebra silêncio após insinuação sobre sexualidade de ator e acusação de homofobia

Pedro Hosken - Publicado em 09/08/2018 às 12:52
Compartilhe: Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Pinterest Compartilhar no Whatsapp Compartilhar no E-mail

Eitaaaaa! Em entrevista concedida esta manhã (8) ao radialista Big Boy, Kim Kardashian falou pela primeira vez sobre sua recente treta com o ator Tyson Beckford. A empresária relembrou do momento em que leu a crítica do rapaz sobre seu corpo, e refutou as acusações de que teria sido homofóbica em seu ‘contra-ataque’.

Eu estava trabalhando e vi isso, e fiquei tipo: ‘Isso é serio, cara !? Você quer me humilhar? Ok, mana’. Eu até odeio falar sobre ele porque eu sinto que é apenas uma coisa feminina de se fazer – ficar falando mal de outra mulher, para quê? É tão idiota para mim. Eu fiquei tipo vai se f****, cara!“, recordou a Kardashian.

Tyson ficou conhecido ao participar da série “Eu, a patroa e as crianças” e de clipes como “Toxic” e “Breathe Again”

Tudo começou na última semana quando Tyson decidiu comentar uma foto – clicada por paparazzo – de Kim no Instagram. “Desculpa. Eu pessoalmente não ligo para isso. Ela não é real. Os médicos f****** com o lado direito de sua cintura“, publicou ele, criticando o corpo da estrela. Irada, Kim respondeu o astro, sugerindo que ele seria homossexual. “Irmã, todos nós sabemos por que você não se importa com isso”, disparou, acrescentando aquele emoji de unhas pintadas com esmalte.

Leia também: Khloé defende Kim Kardashian após a irmã ser chamada de homofóbica em treta com Tyson Beckford

Não demorou para que internautas a acusassem de homofobia, o que Kim rejeita em absoluto. “Para qualquer um que diz que sou homofóbica, eu não sou nada! Muitos dos meus melhores amigos são gays, eu apoio a comunidade, amo eles, eles me amam”, garantiu a mãe de North; Saint e Chigago durante a mesma entrevista. Kim ainda explicou o porquê de não ter dado mais trela para essa confusão.

Ele simplesmente continua alfinetando! Quando eu escolho retroceder, eu não estou fazendo isso pensando no próximo ou nessas pessoas que estão me perseguindo. Quando eu vejo os comentários, às vezes fico ‘eu vou acabar com você’, mas se eu fizer isso, essa história vai se prolongar por muito mais tempo“, finalizou.

Pow! (Reprodução / E!)

Famoso por participações em clipes como “Toxic”, de Britney Spears e “Infinity”, de Mariah Carey, Tyson chegou a respondeu a sugestão de Kim Kardashian a respeito de sua orientação sexual. “Eu apoio os LGBTQ, embora eu não seja gay. É apenas a coisa humana a se fazer“, declarou ele em sua conta no Instagram..