O.J. Simpson se pronuncia sobre antigos rumores de que teve caso com Kris Jenner e que seria pai de Khloé Kardashian

Todo mundo sonha em fazer parte do clã Kardashian-Jenner, menos O.J. Simpson… O ex-atleta usou suas redes sociais para esclarecer as especulações de que teria tido um caso com Kris Jenner e que o fruto dessa relação seria a filha Khloé Kardashian.

O ex-jogador de futebol americano entrou recentemente no Twitter e nas primeiras interações com seus seguidores explicou que vai falar sobre esportes, mas que vai aproveitar o espaço para falar um pouco da sua vida pessoal. “Minha vida sempre esteve envolvida no mundo dos esportes e eu suspeito que com o passar das semanas, é sobre isso que vamos falar. Mas, de vez em quando, eu vou sair do assunto e falar sobre outra coisa, e este é um desses momentos“, começou dizendo em um vídeo postado.

O.J. levou bem a sério as fofocas envolvendo seu nome com a ex-esposa do seu amigo e advogado Robert Kardashian, falecido em 2003, e colocou um ponto final na história. “Ele conheceu e se casou com Kris e eles realmente tiveram um ótimo tempo juntos. Infelizmente, isso acabou. Mas nunca – e eu quero enfatizar, nunca, em qualquer forma, eu já tive algum interesse em Kris, romanticamente ou sexualmente. E nunca recebi qualquer indicação de que ela tivesse algum interesse em mim. Então todas essas histórias são falsas, ruins e de mau gosto”, disse.

Inclusive, a história falsa do romance entre Kris e O.J. acabou sobrando para Khloé Kardashian. A co-fundadora da “Good American” foi apontada como fruto do relacionamento entre os dois, o que também foi desmentido pelo esportista. “Khloé, como todas as garotas [Kardashian], me dá muito orgulho, assim como sei que Bob estaria orgulhoso se ele estivesse aqui. Mas o simples fato da questão é que ela não é minha [filha]”, finalizou.

Khloé chegou a responder comentários descabidos que diziam que sua filha, True Thompson, era negra pelo fato dela ter o mesmo sangue que o de O.J. Simpson. “Quero dizer… o pai dela é negro, boba. É por isso que ela é uma gata negra“, escreveu.

Para quem não se lembra, O.J. Simpson foi preso e acusado pelo assassinato de sua ex-mulher Nicole Brown e de seu amigo Ronald Goldman. O caso foi um dos mais famosos dos EUA e ganhou atenção da mídia em todo o mundo e até inspirou a primeira temporada da série “American Crime Story” com o subtítulo “The People vs O.J. Simpson”. Robert Kardashian o defendeu e provou sua inocência.