Penn Badgley quebra o silêncio após colega de elenco em “Você” ser acusado de assédio de menores: “Isso me afetou profundamente”

Na semana passada, o ator e comediante Chris D’Elia, que esteve na segunda temporada de “Você”, recebeu uma série de acusações de assédio a garotas menores de idade. Nesta terça-feira (23), Penn Badgley, protagonista do suspense da Netflix, lamentou o caso em entrevista ao podcast “Can’t Stop Watching”, do The Los Angeles Times.

Na última quarta-feira (17), uma jovem expôs no Twitter trechos de supostas conversas entre ela e D’Elia, quando tinha apenas 16 anos e o ator teria a procurado insistentemente. “Imagine você ter 16 anos e ser atormentada por um comediante que tem o dobro da sua idade e o único motivo pelo qual você nunca o encontrou e foi fisicamente molestada foi porque você tinha um namorado da sua idade”, disse ela, com prints de conversas em que ele teria até mesmo pedido para beijá-la.

Em “Você”, o comediante interpreta Joshua Henderson, que é um predador sexual e abusa de garotas menores de idade. Esse fator foi um dos estopins para o relato de Simone, que criticou a semelhança irônica da trama da série com o suposto caso da vida real. “Definitivamente não fui a única garota menor de idade com quem ele fez isso”, afirmou ela, que também explicou o motivo de não ter falado antes sobre o assédio.

Chris D’Elia interpreta Henderson em “Você”, um comediante que assedia e abusa de garotas menores de idade. (Foto: Divulgação/Netflix)

“Por muito tempo, eu pensava que era vergonhoso para mim estar interagindo com esse homem mais velho, mas foi ele quem me mandou a DM no Twitter, e era ele quem tinha o dobro da minha idade e quem usou do desequilíbrio de poder entre nós para sua própria vantagem”, completou. Olha só:

O depoimento de Simone foi o incentivo para uma série de outras acusações envolvendo D’Elia. Um perfil no Twitter recebeu algumas denúncias e preservou o perfil de pessoas que teriam sido vítimas do humorista. “Quando ele esteve hospedado no meu hotel dois anos atrás, pediu ajuda com um conversor de tomada, e aí mostrou as partes íntimas para a mulher que foi atendê-lo. Depois tentou fazê-la entrar novamente no quarto”, relatou.

“Chris D’Elia abusou sexualmente da minha irmã em 2014 quando ela tinha 17. Ela foi pra LA e se encontrou com ele. Então, ele ficou dando álcool pra ela, até que ela estivesse basicamente inconsciente pra transar com ele”, revelou outra pessoa.

Penn Badgley lamenta episódio

Com a repercussão do caso, Penn, que interpreta Joey em “Você”, opinou que “isso precisa ser abordado” individualmente e sistematicamente. “Isso me afetou profundamente. Estou muito perturbado por isso. Eu não conheço o Chris. Eu sei que, se tem uma coisa que precisamos fazer atualmente, é acreditar nas mulheres”, declarou ele.

O ator não escondeu ter se sentido muito incomodado por toda a questão, e pelo envolvimento de D’Elia na série. “A ideia de que uma série como a nossa seria, indiretamente e involuntariamente, um abrigo para pessoas abusivas, é perturbador. É muito nojento”, disparou.

Na segunda temporada de “Você”, Joey (Penn Badgley) tenta defender a jovem Ellie das mãos do predador sexual Henderson, interpretado por Chris D’Elia. (Foto: Reprodução/Netflix)

Badgley também contou que, assim que os produtores souberam das acusações, eles foram atrás da atriz Jenna Ortega, de 17 anos, que contracenava com Chris na série. Na narrativa, ela passava por uma situação praticamente idêntica a que foi relatada pelas supostas vítimas do comediante. Por isso, a equipe de “Você” quis garantir “que ela se sentisse segura”.

Penn ainda cobrou por mudanças significativas nesse sentido, em todo o sistema. “Uma coisa que a nossa cultura tende a fazer sistematicamente e metodicamente é festejar ao identificar vilões, para que o sistema continue ruim. […] Porque não é apenas vetar indivíduos. Precisa existir uma mudança na cultura e nas atitudes para esse tipo de comportamento que é claramente repreensível, é claramente, tipo, anti-humano”, opinou ele.

Chris D’Elia nega acusações

Em um comunicado ao TMZ, o intérprete de Henderson em “Você” negou as acusações que vieram à tona, alegando que seus relacionamentos teriam sido todos consensuais e legais. “Eu sei que eu falei e fiz coisas que podem ter ofendido pessoas durante a minha carreira, mas eu nunca persegui conscientemente nenhuma mulher menor de idade”, rebateu ele.

“Todos os meus relacionamentos têm sido tanto legais, quanto consensuais, e eu nunca conheci ou troquei qualquer foto inapropriada com as pessoas que tuitaram sobre mim. Dito isso, eu realmente sinto muito. Eu fui um cara estúpido que absolutamente me deixei levar pelo meu estilo de vida. Isso é MINHA culpa. Eu assumo isso. Tenho refletido sobre isso isso por algum tempo e prometo que vou continuar a melhorar”, concluiu D’Elia.

Após as acusações de envolvimento com menores, Chris D’Elia teria sido demitido de duas agências, e teve seu contrato rompido em “Você” e na série “Whitney”. (Foto: Getty)

Segundo relatos do The Wrap, o comediante foi demitido das agências Creative Arts Agency e 3 Arts Management, que cuidavam de sua carreira. Além disso, seus contratos tanto com a série “Você”, quanto com a produção “Whitney” – na qual ele era um dos protagonistas – foram encerrados. Até então, as agências não se manifestaram oficialmente sobre o caso.