Kanoacapa

Surfista Kanoa Igarashi debocha de críticas após vitória contra Gabriel Medina e revolta brasileiros: “Chora que estou feliz”

Mais um bafafá nos bastidores das Olimpíadas de Tóquio… Nesta terça-feira (27), o japonês Kanoa Igarashi respondeu algumas críticas que vinha recebendo, após faturar a medalha de prata no surfe. A conquista, por sua vez, revoltou brasileiros, que sentiram uma certa injustiça contra Gabriel Medina na competição.

No Twitter, Kanoa debochou das reclamações, ao dizer: “Bla bla bla”. Os brasileiros logo se irritaram e invadiram os comentários do surfista, que decidiu colocar ainda mais fogo no parquinho. “Chora chora que estou feliz! Hehehehe”, provocou ele, em português. As publicações, claro, repercutiram negativamente por aqui…

Diante disso, o atleta voltou a se manifestar, hoje (28) pela manhã, dizendo respeitar seus adversários. Eu sempre tenho máximo respeito com os outros competidores, mas não tenho paciência para pessoas que gostam de falar mal por uma coisa que não tenho controle. Eu fiz o meu melhor e pronto”, disparou.

No Instagram, Igarashi também prestou uma homenagem a Gabriel Medina, que ele considera um grande ídolo do esporte. “Uma das baterias mais especiais da minha carreira até agora. Precisando de um 9 nos últimos 8 minutos de bateria contra o melhor surfista do mundo para garantir uma medalha, a pressão estava pesando muito sobre mim, mas eu sabia que era um grande momento para mim. Estou muito grato pela onda que veio, obrigado por sempre empurrar nosso esporte, Gabriel Medina”, escreveu o japonês.

Revolta na internet

A vitória de Igarashi sobre Medina foi cercada de polêmicas. Gabriel estava vencendo até os minutos finais da bateria de surfe, quando o outro surfista acertou um aéreo e recebeu uma nota alta de 9,33, vencendo o brasileiro por 17.00 a 16.76. As notas, inclusive, não agradaram muito o público brasileiro.

Acontece que, alguns minutos antes, Medina havia realizado uma manobra muito parecida com a de Kanoa, mas recebeu apenas 8.44. Internautas fizeram vídeos comparando as performances dos dois, e acreditam que a do brasileiro tenha tido um grau de dificuldade maior.

Yasmin Brunet não ficou nada feliz com o desfecho da participação de Gabriel Medina, seu marido, nas Olimpíadas de Tóquio 2020. A modelo fez uma live durante a semifinal, disputada entre o brasileiro e Kanoa Igarashi na madrugada de terça (27), e ficou indignada ao ver o amado perder. Ela afirmou que o surfista teria sido roubado em suas notas e incentivou os seguidores a fazerem barulho nas redes sociais.

O COB [Comitê Olímpico do Brasil], a CBSURF [Confederação Brasileira de Surf], essa galera está lá pra representar os brasileiros, pra defender eles. Todo mundo aqui viu que o Gabriel foi absurdamente roubado. Eles fizeram alguma coisa? Não. Vão fazer alguma coisa? Não, não vão fazer nada“, disparou ela, bastante nervosa.

Medina também se manifestou em seu Instagram após a derrota. “Dei meu melhor, é fod* quando isso acontece, dá uma tristeza, desculpa galera… valeu pela torcida! Seguimos! Fé em Deus!“, escreveu ele. Nos comentários, Yasmin voltou a mostrar sua revolta. “Você foi incrível! Fez tudo o que poderia fazer e mais um pouco. Tenho muito orgulho de você! Estamos do seu lado e não vamos fingir que não vimos o que aconteceu. Foi roubado na cara dura. Só gostaria muito que alguém se posicionasse e te defendesse… te amo, meu lindo”, soltou Brunet.

Continua depois da Publicidade

O surfista não se classificou para a final e acabou levando a pior na disputa pela medalha de bronze, contra o australiano Owen Wright. Nas redes sociais, brasileiros também ficaram revoltados com toda a situação e apontaram que Gabriel teria sido roubado para beneficiar Igarashi, uma vez que ele é o representante do país sede da competição. Em entrevista à TV Globo, Medina lamentou o resultado.

É triste quando isso acontece. Muita gente mandou mensagem… É difícil passar o ano treinando, se esforçando, e chegar nisso. Mas minha parte fiz, estou amarradão, fiz o meu melhor, e agora é continuar trabalhando. Têm coisas que não dá para entender, mas tinha que ser assim. Hoje surfei bem, infelizmente não deu. Agora é voltar para casa e descansar… Aconteceu tanta coisa que, na real, o que vier é lucro. Estou mais preocupado em surfar, fazer meu melhor, e é difícil esperar dos outros, então é tentar fazer o meu”, desabafou.