Ze Neto Anitta

Zé Neto para show após vaias contra Anitta e discurso causa polêmica: “Entra no curral cheio de b*sta”; assista

O cantor soltou mais algumas alfinetadas depois que seus fãs começaram a soltar xingamentos à Anitta

Anitta virou assunto novamente em um show da dupla Zé Neto e Cristiano. Nesta quinta-feira (19), em Dourados (MS), a plateia dos sertanejos começou a gritar contra a estrela. Diante disso, Zé Neto interrompeu os gritos e voltou a soltar algumas alfinetadas – semanas após dar declarações controversas, que foram identificadas como indiretas sobre a artista.

Em determinado momento, os fãs da dupla decidiram xingar Anitta. “Ei, Anitta! Vai tomar no c*!”, disseram em coro. Foi quando Zé logo parou para falar sobre o assunto. “Gente, não precisa. Vamo rezar por essas pessoas e pedir que Deus abra a mente delas e que elas entendam”, disse ele em resposta aos gritos sobre a cantora.

Continua depois da Publicidade

Então, o artista foi além: “Que venha um dia, que um dia só na vida, calce uma botina amarela, entra num curral cheio de b*sta para separar o gado, tirar um leite, passar a peia num bezerro, passar a peia na cabeça do bezerro. E ver que a vaca não dá leite, você tem que ir lá tirar. O leite que você compra na caixinha não vem bonitinho da caixinha, alguém tirou”. Assista:

Mais cedo, Zé Neto já havia falado outra vez sobre a treta pública entre ele e Anitta. Em resposta a uma caixinha de perguntas no Instagram, o músico não voltou atrás no que disse. “Na realidade assim: eu tenho um defeito muito grande quando eu bebo. Eu falo muita verdade (risos). Deixa falar, essas coisas não me atingem, não”, declarou ele aos seguidores.

Entenda a história:

O nome do cantor Zé Neto, da dupla com Cristiano, figurou entre os mais comentados nas redes sociais no dia 13 de maio. Um vídeo que circulou na web mostrou o que seria um discurso do sertanejo em um show na cidade de Sorriso (MT), no dia anterior, dem 12 de maio. A gravação ainda expôs críticas à Lei Rouanet e parecia alfinetar Anitta.

O vídeo começa com um discurso questionando a legislação de incentivo à cultura. “Estamos aqui em Sorriso, no Mato Grosso, um dos estados que sustentaram o Brasil durante a pandemia. Nós somos artistas e não dependemos de Lei Rouanet, nosso cachê quem paga é o povo”, diz o artista, que estava como uma camisa escura na apresentação.

Continua depois da Publicidade

Na sequência, as falas se voltaram para uma suposta indireta à Anitta. Como se sabe, há alguns meses, a estrela contou que fez uma tatuagem íntima – justamente o tópico abordado no discurso. “A gente não precisa fazer tatuagem no ‘toba’ para mostrar se a gente está bem ou não. A gente simplesmente vem aqui e canta e o Brasil inteiro canta com a gente”, concluiu o cantor. Veja o registro abaixo: