Batman safadinho! Robert Pattinson conta que frequentava sex shops durante gravações de filme e revela comportamento inusitado com outros clientes; assista!

Parece que os novos apetrechos do Batman serão para maiores de 18 anos… Kkkkk O ator Robert Pattinson participou do programa “Late Night With Seth Meyers” na noite de ontem (19), e acabou revelando bastidores bem curiosos sobre as gravações do seu último filme “O Farol”… Incluindo algumas passagens pelas lojinhas de sex shop perto das locações e um rastreamento de quem eram os clientes… Hein?!

O astro explicou que precisou morar em uma cidade muito pequena na Nova Escócia durante dois meses. Segundo ele, devia ter cerca de 400 moradores ao todo no lugar. Apesar disso, o local reunia nada menos que duas lojas com produtos sexuais. “Havia duas sex shops bastante frequentadas. Alguém me falou sobre elas, e eu tentei encontrá-las antes das gravações”, explicou.

Mas parece que Rob não era o único entusiasta dos estabelecimentos. “Eu meio que passava um bom tempo olhando as avaliações do Yelp [sobre as lojas] e muitas pessoas costumavam escrever essas avaliações. E esta é uma cidade de talvez 400 pessoas — bem, talvez um pouco mais de 400. Mas eu poderia reconhecer essas pessoas nas lojas locais se eu quisesse”, se divertiu.

Pronto para dividir com o público um pouco das opiniões sobre as sex shops, Pattinson revelou que entrou no site e acabou se decepcionando. “Eu tentei procurar algumas histórias engraçadas para trazer aqui e não consegui encontrar nenhuma das críticas. Elas foram todas retiradas. Existe apenas algumas pessoas com perfis novos. O que houve com a Annabelle W.?”, brincou se referindo a uma usuária antiga que ele costumava ‘stalkear’. O filme “O Farol” estreia no Brasil apenas em 2 de janeiro de 2020.