Bebe Rexha posta foto de biquíni e faz desabafo: ‘Aqui está como uma mulher real fica no Instagram sem photoshop’

Dona de hits maravilhosos como “Meant to Be” e “I Got You”, Bebe Rexha costuma usar suas plataformas para discursos empoderados e de auto-aceitação. Dessa vez, de férias por San Juan, Porto Rico, a cantora resolveu compartilhar uma foto de si de biquíni e lembrar de como as mulheres são pressionadas para se adequarem a padrões rígido de beleza. “Eu provavelmente deveria photoshopar minha barriga e fazê-la parecer reta. Eu provavelmente deveria photoshopar minhas pernas para fazê-las parecerem mais finas. Eu provavelmente deveria me fazer parecer mais alta e uniformizar as minhas pernas. Mas eu não fiz“, elencou ela.

A sociedade pode realmente fod** com você. Aqui está como uma mulher real fica no Instagram sem photoshop“, concluiu Bebe, recebendo mensagens de apoio na rede social. “Você não precisa de photoshop para parecer perfeita porque você já é. Nós te amamos do jeito que você é“, comentou uma fã. “Beleza não é photoshop. Beleza não é ser magra. Beleza é aceitar você mesma do jeito que é e se orgulhar disso“, endossou outra seguidora. “Obrigada por isso! Por me fazer sentir segura! Você está gostosa! Não precisa de photoshop nenhum“, agradeceu uma terceira. Confira a publicação:

Maravilhosa é pouco, né?! Essa não é a primeira vez que Bebe aborda a questão. No início do ano, às vésperas do “Grammy”, a musa revelou que nenhum estilista queria vesti-la sob a justificativa de que ela seria “grande demais“. Oi?! Isso mesmo!  “Minha equipe foi falar com designers, e muitos deles não querem me vestir porque eu sou muito grande. Literalmente, porque sou muito grande. Então, se meu tamanho é muito grande eu não sei o que te dizer. Então eu não quero vestir a p*rra dos seus vestidos”, reclamou ela em um vídeo no Instagram.“Isso é loucura! O que você está dizendo é que todas as mulheres no mundo que vestem esse tamanho, e acima dele, não são bonitas e não podem usar seus vestidos. Então, a todos vocês que disseram que não podem fazer vestidos para mim, f*dam-se! Não quero usar seus vestidos!”, bradou.

Na publicação, a dona de “Last Hurrah” ainda ressaltou que seria muito mais adequado que os estilistas incentivassem as mulheres a aceitarem seus corpos. “Se você não gosta do meu estilo de roupa, ou da minha música, isso é uma coisa. Mas não diga que você não pode vestir alguém que não tem um corpo de passarela. Empodere as mulheres para amar seus corpos, ao invés de fazer com que elas se sintam inferiores por conta de seus tamanhos. Nós somos bonitas, não importa o tamanho! Pequeno ou grande!”, escreveu. Apenas te amamos, Bebe!