Brad Pitt se desculpou com Jennifer Aniston por atitudes que teve quando eram um casal, diz site: “Mudou a relação atual deles”

Os problemas que Brad Pitt e Jennifer Aniston tiveram durante a separação ficaram no passado, garante o Entertainment Tonight. Segundo uma fonte do veículo, os astros “definitivamente seguiram em frente” desde o final de sua relação em 2005 — e o ator, em particular, se desculpou por diversos problemas que tiveram quando estavam juntos.

“Brad está completamente sóbrio agora e se encontra em um lugar tão diferente daquele em que estava quando os dois tinham um relacionamento”, disse o informante. “Brad é, de verdade, um cara introspectivo, que trabalhou duro em si mesmo. Ele se desculpou para ela pelas diversas coisas que ele sente que foram culpa dele no relacionamento dos dois. Ele realmente assumiu seus erros, e isso mudou a relação atual deles. Os dois seguiram em frente”, acrescentou.

Uma segunda fonte do site aponta que o relacionamento dos dois chegou a um novo nível de maturidade, após ambos passaram por divórcios em outras relações. Brad casou com Angelina em 2014, e ela pediu a separação em setembro de 2016. Já Jennifer casou com Justin Theroux em 2015, e eles anunciaram o término em fevereiro de 2018.

Brad Pitt com as ex-esposas, Jennifer Aniston e Angelina Jolie. (Foto: Getty)

“Agora, eles apenas amam e adoram um ao outro, e têm sido amigos muito mais próximos desde seus divórcios”, disse o insider. “Eles tem uma relação muito madura, que evoluiu com o tempo, porque ambos viveram casamentos que não funcionaram”, acrescentou. Brad, em particular, “amadureceu muito desde que se separou de Jen”. 

O ex-casal, é claro, nem sempre esteve nos melhores termos. No passado, Jennifer já abriu o coração ao contar como o comportamento do ex-marido feriu seus sentimentos durante o divórcio. Em uma entrevista à Vanity Fair em 2016, a estrela de “The Morning Show” foi bastante sincera sobre a dor que sentiu no final de seu casamento de cinco anos, em especial sobre o escândalo que surgiu quando Brad começou a namorar sua co-estrela de “Sr. e Sra. Smith”, Angelina Jolie. Especificamente, ela comentou sobre uma sessão de fotos do ex com Jolie em 2005 para a revista W, intitulada “Felicidade Doméstica”. Na época, muitos viram o gesto como insensível.

(Foto: Reprodução/Revista W)

“É um timing estranho? Sim. Mas não é a minha vida”, disse Jen na época, após o novo casal posar como marido e esposa glamourosos com filhos. “Ele faz as escolhas dele. Ele pode fazer — tanto faz. Nós estamos divorciados, e você pode ver o porquê. Brad não é mal intencionado; ele jamais tentaria intencionalmente esfregar algo na minha cara. Eu posso vê-lo falando, ‘Oh, posso ver que isso tenha sido sem consideração’. Mas eu conheço Brad. Brad diria, ‘Isso é arte!’. Há um chip de sensibilidade que está faltando”, concluiu na época.

Atualmente, após os dois viverem casamentos diferentes e terem voltado à vida de solteiros, os artistas mantém uma boa relação. Neste final de semana, os dois causaram comoção na internet e na mídia após se reunirem em frente às câmeras no SAG Awards. No entanto, não há nenhum envolvimento romântico, garante o ET. “Brad e Jen voltaram a se falar depois que seus relacionamentos terminaram. Eles já se viram, mas apenas ocasionalmente e casualmente”, uma fonte garantiu. E acrescentou: “Jen frequentemente é fotografada, então ela estava consciente de evitar Brad porque, enquanto ela sempre adorou ele, ela nunca quis começar nenhum rumor”. 

O famoso encontro dos dois no SAG Awards. (Foto: Getty)

A reação exagerada do público, no entanto, foi uma grande surpresa. “Ela não esperava o quão grande a reação do público sobre eles seria. Os dois riram bastante sobre isso”, afirmou o insider.

“Brad e Jen parecem sinceramente felizes. Os dois definitivamente trabalharam em sua amizade, e seus encontros são muito genuínos. Brad adora ela e realmente está aproveitando seu momento ao sol”, acrescentou.