Caitlyn Loane, estrela do TikTok, morre aos 19 anos e jornal aponta suicídio como causa. (Reprodução/TikTok)

Caitlyn Loane, TikToker australiana conhecida por mostrar a vida no campo, morre aos 19 anos; saiba detalhes

Que tristeza! Caitlyn Loane, uma TikToker australiana, morreu aos 19 anos. A jovem atraiu um grande número de seguidores por conta dos temas de seus vídeos, que mostravam seu amor pela agricultura e a vida no campo, após seguir os passos do pai. Em matéria publicada nesta quinta-feira (8), o jornal Daily Mail afirmou que a causa da morte foi suicídio.

“Era uma jovem adorável e louca, era um membro inestimável da nossa família. As palavras não podem descrever a nossa perda”, disse o pai, Phillip Loane, ao The Mercury. Sem mais detalhes, Phillip acrescentou que “todos os dias deveriam ser dias de perguntar se a pessoa está bem”.

A menina era considerada pioneira na agricultura e já tinha trabalhado como gestora de gado na fazenda de seus pais, local que Loane planejava administrar quando fosse mais velha. Caitlyn documentava a sua rotina diária, que ia desde tratar animais doentes até mostrar as suas roupas com estilo country.

Caitlyn Loane acumulava mais de 50 mil seguidores na rede social de vídeos. (Foto: Reprodução/TikTok)
Caitlyn Loane acumulava mais de 50 mil seguidores na rede social de vídeos. (Foto: Reprodução/TikTok)

“O seu sorriso iluminava a sala. Ela não tinha medo de sujar as mãos, em algumas fotos ela aparecia com lama até nos joelhos. Ela era muito talentosa e adorava ser mentora de pessoas mais jovens”, contou Richele Loane, mãe da menina. A família de Caitlyn acrescentou que ela deixa para trás “um legado duradouro para os jovens da indústria agrícola”, e será sempre lembrada por sua natureza carinhosa.

@catieloane

Who’s driving to Tasmania #womeninag

♬ original sound – hunter paige

Amigos próximos também se manifestaram sobre a partida da menina. “Nunca esquecerei os momentos carinhosos e as memórias que temos juntas. Todas as conversas noturnas, os passeios noturnos, os rodeios…”, escreveu Kaycee Heyward, amiga de escola, em um post do Facebook.

Continua depois da Publicidade

Além da agricultura, Caitlyn também era jogadora do Devonport Football Club. A organização expressou a sua “tristeza e pesar” em uma declaração compartilhada nas redes sociais. “A última semana colocou em contexto o que realmente importa na vida, e nos lembrou que o futebol, por mais unificador que seja, é apenas um jogo. A prioridade do Devonport Football Club neste momento é fornecer uma rede de apoio e empatia a todos os associados do clube, com especial atenção aos mais afetados pela trágica partida de Caitlyn”, dizia o comunicado.

Ficam registrados nossos sentimentos à família e aos amigos de Caitlyn. Que eles encontrem o consolo necessário diante dessa perda sem precedentes.

IMPORTANTE: Se você ou alguém que você conhece está passando por dificuldades emocionais ou considerando o suicídio, ligue para o ‘Centro de Valorização da Vida’ pelo número 188. O CVV realiza apoio emocional, atendendo voluntária e gratuitamente todas as pessoas que querem e precisam conversar, sob total sigilo por telefone, email e chat 24 horas todos os dias. Para mais informações, clique aqui.