Carmo Dalla Vecchia

Carmo Dalla Vecchia recebe ataque homofóbico envolvendo o filho, e dá apenas a melhor resposta

No ano passado, ator revelou que vive um relacionamento com João Emanuel Carneiro desde 2005

Na manhã desta segunda-feira (4), o ator Carmo Dalla Vecchia expôs, em seu Instagram, ataques homofóbicos que ele vem recebendo. O artista é casado com o autor de novelas João Emanuel Carneiro. Juntos, os dois têm um filho, Pedro, de três anos.

Teus filhos vão ser gays iguais a você. Tu vai ensiná-los a ser assim. É por isso que o mundo está repleto de vocês. Porque vocês influenciam os garotos a serem assim. Seus vermes!“, atacou o internauta, que não teve sua identidade revelada.

Dalla Vecchia deu apenas a melhor resposta: “Será que os seus saíram iguais a você? Se saírem, eu os abraço também. Eu entendo, faltou amor, carinho, afeto… Deve ter sido difícil. E, pela sua fala, continua sendo“. “Não te responderei mais porque talvez só alimente mais a sua ira. Mas desejo profundamente que evolua“, completou o ator.

Continua depois da Publicidade

Em seguida, ele ainda falou sobre o amor que sente por Pedro. “Se meu filho for gay, acho que vou amar mais ainda. Se isso for possível. Acho que não. Já amo até o céu, sendo ele quem quiser ser“, se declarou. Na legenda, o ator também se manifestou: “Vida que segue e segue linda e colorida… tomara que para todos“.

Em pouco tempo, Carmo recebeu o apoio de diversos anônimos e famosos. Entre eles, a atriz Maeve Jinkings respondeu: “Te amo!“. Já o jornalista Marcelo Cosme pontuou: “Tamo junto, meu querido!“. Outros, ainda, exaltaram a resposta do ator e ressaltaram que homofobia é crime.

Em agosto do ano passado, Dalla Vecchia revelou ao público seu relacionamento com João Emanuel Carneiro. Durante o “Super Dança dos Famosos”, ele se declarou ao marido, com quem está casado há mais de 16 anos, e ao filho. “Gostaria de fazer uma homenagem muito grande à minha família e declarar o meu amor ao meu filho, Pedro, e ao meu marido João. Gostaria muito de declarar esse amor aos dois. Acho muito importante esse posicionamento para que outras pessoas também possam ver isso e se sentir iguais. Sou um cara extremamente feliz, extremamanete realizado, com uma profissão que eu amo, com amigos, com uma família que me aceita exatamente do jeito que eu sou“, disse na época.