Britney Mariah Timberlake Halsey

Caso Britney Spears: Mariah Carey, Justin Timberlake, Halsey e mais famosos prestam solidariedade à cantora após depoimento chocante sobre tutela

Todos na torcida por Britney Spears! Nesta quarta-feira (23), a cantora finalmente teve a oportunidade de falar pela primeira vez no tribunal sobre sua tutela, que dá poder ao seu pai, Jamie Spears, para decidir tudo em sua vida. A estrela deu relatos chocantes, incluindo que gostaria de ter mais um filho, mas é impedida de tirar o DIU contraceptivo, porque a equipe “não acha uma boa ideia” ela ter mais um herdeiro. Com todas essas histórias vindo à tona, celebridades como Mariah Carey, Halsey, Karol G e até seu ex-namorado, o cantor Justin Timberlake, fizeram questão de prestar apoio para a princesinha do pop.

O posicionamento de Timberlake foi o mais surpreendente, já que o namoro dele e de Britney teve um rompimento polêmico lá no início dos anos 2000. “Depois do que vimos hoje, todos nós deveríamos estar apoiando Britney neste momento. Independentemente do nosso passado, bom e mau, e não importa há quanto tempo isso foi… O que está acontecendo com ela não está certo. Nenhuma mulher deve ser impedida de tomar decisões sobre seu próprio corpo. Ninguém deve NUNCA ser detido contra sua vontade ou nunca ter que pedir permissão para acessar tudo pelo que trabalhou tanto. Jess [Jessica Biel] e eu mandamos lembranças e apoio absoluto a Britney durante esse período. Esperamos que os tribunais e sua família façam isso direito e a deixem viver como ela quiser”, escreveu.

Também no Twitter, Mariah Carey compartilhou: “Nós te amamos, Britney! Aguente firme!”. “Mandando todo o meu amor e apoio para Britney Spears e seus fãs”, postou a cantora Brandy. “Abençoe Britney e espero de todo o coração que ela seja libertada deste sistema abusivo. Ela merece isso mais do que tudo. Admiro sua coragem falando por si mesma hoje”, comentou Halsey. “Espero que #BritneySpears consiga ouvir sua música favorita e dar um passeio de carro novamente. Ela deve poder se casar, ter mais filhos e fazer todas as coisas que a fariam feliz”, torceu Jordan Pruitt. “Nós te amamos tanto”, disse Tinashe, com quem Spears divide os vocais no hino “Slumber Party”.

“Britney merece liberdade. Ela merece colher os frutos de seus anos de trabalho árduo. Britney merece ser feliz”.

Continua depois da Publicidade

Muitos artistas, como Karol G, Sarah Jessica Parker e Andy Cohen, optaram por apoiar a hashtag #FreeBritney, nome do movimento criado pelos fãs da artista exigindo que ela tenha liberdade para fazer o que bem entender com sua vida. Mais cedo, antes mesmo do depoimento de Spears, o namorado dela, o modelo Sam Asghari, fez questão de publicar um story no Instagram usando uma camisa com o nome da iniciativa.

196378287 839652350263077 960911156143816220 N
Sam Asghari demonstrou apoiar movimento de libertação da namorada. Foto: Reprodução

No Brasil, alguns artistas também se manifestaram. O ex-BBB Caio Afiune, que ficou revoltado dentro do “BBB 21” ao descobrir a situação da tutela de Britney Spears, também aderiu ao #FreeBritney, assim como seu colega de confinamento, o cantor Fiuk. Adriane Galisteu também citou a hashtag ao vivo durante o “Power Couple Brasil”. “Eu tô feliz que a Britney tá falando tudo, mas tô INDIGNADA e TRISTE por isso estar acontecendo com ela por anos e ninguém dava atenção. Eu só quero que ela seja feliz, real”, lamentou Lia Clark.

Entenda o caso da tutela de Britney

Em 2008, Britney Spears passou a viver sob tutela gerenciada por seu pai, Jamie Spears, e desde então a estrela não tem mais controle sobre sua própria trajetória. Em setembro do ano passado, um juiz nomeou a gestora Jodi Montgomery como tutora temporária da artista, depois que seu pai deixou o cargo, alegando “razões pessoais de saúde”.

Britney Spears pretende se livrar da tutela do pai, Jamie Spears. (Foto: Reprodução)

Nos Estados Unidos, o status de tutela é decretado por um tribunal para pessoas incapazes de tomar decisões por si mesmas. No caso da cantora, ela passou por um período conturbado em 2007, devido ao descontrole do uso de substâncias ilegais e bebidas alcoólicas, tendo como resultado diversos problemas na justiça, principalmente em relação à guarda dos filhos.

Continua depois da Publicidade

Em maio deste ano, a tutela de Britney foi estendida até o final de agosto. Os documentos do tribunal, obtidos pela revista “Us Weekly”, afirmaram que a gestora Jodi Montgomery foi autorizada a seguir seu papel até 22 de agosto. Britney, por sua vez, “expressou que não quer trabalhar novamente, porque não quer continuar a se manter essencialmente sob a tutela”. 

Britney Spears já afirmou que não pretende trabalhar novamente. (Foto: Getty)

Preocupados com o bem-estar da estrela, fãs de todo o mundo tomaram as redes sociais e até mesmo as ruas com o movimento #FreeBritney. Nesta quarta-feira (23), a campanha atingiu o topo dos assuntos mais comentados do Twitter no Brasil, e no globo. Em agosto, o pai de Britney se manifestou pela primeira vez sobre o movimento.

Continua depois da Publicidade

A equipe jurídica da cantora ainda citou e avaliou a pressão dos fãs no caso: “Longe de ser uma teoria de conspiração ou uma ‘piada’, como James disse à mídia, em grande parte, esse escrutínio é um resultado razoável e até mesmo previsível do uso agressivo de James do procedimento de segredo de justiça ao longo dos anos, para minimizar a quantidade de informações significativas disponíveis para o público”.

Protestos Free Britney (1)
Com novas descobertas, o movimento Free Britney tem ganhado cada vez mais força e mais repercussão. (Foto: Getty)

Os advogados de Britney também anexaram um artigo sobre o movimento “Free Britney”, afirmando que a diva está buscando alguma forma de retomar a autonomia da sua vida. [Britney] recebe bem e aprecia o apoio embasado dos muitos fãs dela”, concluíram.