Fotojet (6)

Caso Gabby Petito: Mãe da youtuber se pronuncia e faz pedido no Twitter; Homem dá pista importante sobre paradeiro de Brian Laundrie

Mesmo depois que o FBI encontrou os restos mortais de Gabby Petito, as circunstâncias de seu sumiço e consequentemente, morte, permanecem um grande mistério. O caso tem como principal suspeito, Brian Laundrie, o ex-noivo da youtuber que está foragido desde o dia 14 de setembro.

Na tarde deste sábado (2), Nichole Schmidt, mãe da influenciadora, criou uma conta no Twitter e, em sua primeira publicação, pediu justiça pela filha que partiu e mandou um recado a quem quer que seja o culpado por toda a tragédia. “Mamãe ursa está ficando furiosa! Se entregue!”, disparou. Já na descrição do perfil, lê-se a seguinte mensagem: “Uma mãe em uma missão. A luta pela mudança e pela prevenção nunca terá fim! Minha Gabby nunca será esquecida!”.

Apesar da mensagem não trazer menção direta, internautas apontaram que o pedido seria dedicado a Brian, com quem Gabby viajava pelos EUA antes de ser dada como desaparecida e, eventualmente, morta. O corpo da jovem de 22 anos foi encontrado em uma floresta nacional no estado do Wyoming, no dia 19 de setembro. Um vídeo divulgado na sexta-feira (1º) pela polícia de Utah, traz uma revelação da própria influenciadora, antes de falecer, admitindo ter sido agredida pelo então parceiro.

Homem diz ter visto Brian Laundrie

Um homem chamado Dennis Davis disse ter visto e falado com quem ele acredita ser Brian Laundrie, no sábado (2), no Caminho dos Apalaches, no Tennessee, perto da divisa com a Carolina do Norte. O encontro teria acontecido por volta de 12h30 e o foragido estaria dirigindo uma caminhonete branca.

Em entrevista à Fox News, Dennis contou que, a princípio, não pensou que o motorista poderia ser o suspeito pela morte da influenciadora. No entanto, após a conversa que eles tiveram, Davis procurou fotos de Laundrie e entrou em contato com a polícia e com o FBI. “Não há dúvida sobre isso. Era Brian Laundrie com quem eu estava falando. Estou 100% certo disso”, declarou.

Continua depois da Publicidade

Em seu relato, Davis, que é alpinista, explicou que acidentalmente passou pelo estacionamento da trilha que faria. Ao fazer o retorno, viu um automóvel se aproximando e acendendo os faróis, sinalizando que ele poderia completar a curva. “Eu estacionei ao lado do veículo, abaixei minha janela e comecei a falar com o rapaz. Eu percebi imediatamente que algo não estava certo com ele”, afirmou.

Inicialmente, ele achou que o motorista estava drogado, mas depois de refletir a respeito, disse que o homem “parecia mentalmente abalado”. Foi então que o jovem declarou algo bastante relevante a Dennis: “Ele disse que estava perdido e precisava ir para a Califórnia. Ele disse: ‘Eu e minha namorada brigamos e, cara, eu a amo e ela me ligou e preciso ir à Califórnia para vê-la'”. Davis então aconselhou o motorista sobre qual estrada pegar e, em seguida, contatou as autoridades. Confira o relato: