Amazônia em chamas: Ariana Grande, Anitta, Leonardo DiCaprio e mais celebridades se manifestam em repúdio aos incêndios na floresta; confira!

Nossa Floresta Amazônica está em chamas. Nos últimos dias, incêndios na Amazônia têm chamado a atenção do mundo todo. A preocupação com a destruição desse enorme recurso natural do planeta tem preocupado a todos nós, que tememos pelas próximas gerações e pelos efeitos do aquecimento global. Nesse movimento, diversas celebridades se manifestaram em prol da floresta, buscando lutar contra essa rápida deterioração — que pode causar problemas em todo o globo.

Uma das que encabeçaram as reações foi Ariana Grande. Através de seu Instagram Stories, a Dangerous Woman compartilhou diversas imagens que têm sido divulgadas dos incêndios. Abrindo sua mensagem, ela repostou um tuíte situando seus fãs sobre a questão: “Se você não é do Brasil e não tem ideia do que está acontecendo, aqui vai. A maior floresta tropical do mundo está em chamas, pelo 16º dia. E a mídia não está ligando para isso”. O post da diva também foi replicado por Demi Lovato e Noah Cyrus.

Mensagem de Ariana Grande sobre a Amazônia. (Foto: Reprodução/Instagram Stories)

Demi, por sua vez, postou outra mensagem cobrando a falta de visibilidade dessa questão na mídia. “A Amazônia tem queimado por três semanas, e estou apenas descobrindo isso por conta da falta de cobertura da mídia. Esse é um dos ecossistemas mais importantes da Terra! Espalhe consciência!”, disse a publicação.

Demi Lovato deu uma pausa nas comemorações de seu aniversário para falar sobre o grande problema dos incêndios. (Foto: Reprodução/Instagram Stories)

No Brasil, Anitta deu uma verdadeira aula sobre o assunto em suas mídias sociais – como já tem feito há um bom tempo. Em aproximadamente 30 minutos, nossa estrela pop nacional criticou o posicionamento das autoridades e fez seu papel na conscientização sobre o problema. Dentre inúmeras questões, a cantora também se posicionou contra a tomada de terras que abrigam povos indígenas e falou sobre danos ambientais promovidos pela agropecuária.

“Não existe economia que resolva o fato de não ter oxigênio, não ter água… Não me interessa quem tacou [sic] fogo. Se foi a seca, se foi fulano, se foi beltrano. O que importa é a pessoa resolver a questão. A partir do momento que a gente tem um monte de representantes que não dão a devida importância e as devidas falas para que o público entenda a importância da gente cuidar desse fator – que no caso, é a natureza – a gente não vai tratar isso com a devida importância”, declarou ela.

Por fim, Anitta mencionou casos de ativistas que lutam em prol das florestas e são silenciados – e mortos – para que grandes empresas sigam explorando a natureza. A cantora comentou que tem noção de que tudo isso poderia até prejudicá-la, podendo perder parcerias, patrocínios de grandes empresas etc. Mas reforçou que não se importava com esses “prejuízos”, preferindo usar sua plataforma para conscientizar milhões de pessoas sobre o assunto. Dá uma olhada no vídeo na íntegra:

Khloé Kardashian fez questão de lembrar que às vezes, “a Amazônia é chamada de pulmão do mundo”, visto que toda sua vegetação é responsável por fornecer grande parte do oxigênio que o mundo todo respira. Assim como ela, também se pronunciaram nomes como Kendall Jenner, Cara Delevingne, Jameela Jamil, Leonardo DiCaprio, Camila Cabello, Lauren Jauregui, Maluma, Jaden Smith, entre muitos outros, interessados em contribuir com doações ou apenas falar sobre a questão.

Khloé Kardashian também se juntou às manifestações pró-Amazônia (Foto: Reprodução/Instagram Stories)

No Brasil, também não faltaram vozes preocupadas em conscientizar sobre o assunto. Além de Anitta, Giovana Ewbank, Paolla Oliveira, Fernanda Paes Leme, Luisa Mell, Letícia Sabatella e Alice Wegmann foram algumas das várias personalidades que deixaram seu apelo público, atingindo muitas pessoas.

Prova disso foi a tag #PrayForAmazonas, ou “ore pelo Amazonas”, que teve milhões de tweets e foi o assunto mais comentado do dia pelo mundo. Pois é, a repercussão tomou enormes proporções, dada a urgência do assunto… Confira aqui algumas das principais manifestações sobre a questão:

Camila Cabello: “Isso é aterrorizante e de partir o coração. Isso me faz querer chorar de frustração. O que nós estamos fazendo? Estamos literalmente destruindo nosso milagre de um lar. Sinto muito, Terra”.

View this post on Instagram

Diante das notícias sobre as queimadas e desmatamento da Amazônia, eu apenas não consigo acreditar no que está acontecendo! Que tristeza profunda…O ser humano está arruinando o seu próprio lar, destruindo outras espécies e não consegue entender que tudo isso destrói a nós mesmos??? Somos um todo, fazemos parte da NATUREZA, NÓS SOMOS A NATUREZA! O nosso maior desafio nos dias de hoje, é salvar o planeta da destruição. E isso exige mudanças no relacionamento dos seres humanos com a natureza! Não podemos destruir oq nos resta…precisamos cuidar e plantar vidas na terra antes que a Terra não tenha vida que plante! Dinheiro não compra nosso ar, dinheiro nao compra vida! VAMOS ACORDAR!!! 😢

A post shared by Giovanna Ewbank (@gio_ewbank) on

View this post on Instagram

A floresta arde em chamas… ontem o dia virou noite em SP. Aquele céu cinza que nos assustou, era a Amazônia, o Cerrado, o Pantanal… Eram nossas matas pedindo socorro e nos dando, talvez um ultimo aviso. Eram as cinzas de árvores que se foram, de ecossistemas inteiros que estão morrendo. Era um recado para quem acha que Amazônia fica longe da metrópole. Que celebra cada afrouxamento da lei ambiental. Que comemorou o afastamento do Diretor do Inpe, pois o presidente acha que mentir os números pode esconder a verdade. Era um aviso para quem acha que demarcação de terra indígena e unidades de conservação são coisas supérfluas que atrapalham o desenvolvimento. Para vc que aplaudiu nosso presidente desdenhar de 300 milhões do Fundo da Amazônia, qd n temos dinheiro para conter incêndios florestais , nem@fiscais… fica a pergunta: até quando? Vms esperar o q? A floresta veio até aqui pedir socorro! Nosso ar está doente. Vms esperar ficarmos sem água para acordar? É tempo de despertar! A destruição da floresta, não começou neste governo. A bancada ruralista manda e desmanda aqui há tempos. Mas é inegável que com Bolsonaro encontrou seu apogeu. Com Bolsonaro perdeu todos os limites. Há décadas, a ganância, gula e cegueira coletiva transformam a maior floresta tropical do mundo em@pasto para boi e em plantações de soja( usada para engordar os animais). Eu grito há anos, quase que sozinha: a carne que vcs comem, n tem só o sangue e sofrimento dos animais. Tem a destruição da floresta. Sem floresta, chegará o tempo mais sombrio e doloroso da história da humanidade. A carne de hj Tem sangue de toda a humanidade. #govegan Independente de quem votou em quem. Sem ar, sem água, com comida envenenada… sofreremos todos. Petistas, bolsominion, ateus, religiosos, judeus, árabes, cristãos, evangélicos… esta luta tem que ser de todos nós! É urgente! #savetheamazon

A post shared by Luisa mell (@luisamell) on

Leonardo DiCaprio: “Aterrorizante pensar que a Amazônia é a maior floresta tropical do planeta, criando 20% do oxigênio da Terra, basicamente os pulmões do mundo, está pegando fogo e queimando pelos últimos 16 dias e contando, sem literalmente nenhuma cobertura da mídia, absolutamente. Por quê?”

Jameela Jamil: “A quem enviamos o dinheiro para apoiar os esforços de bombeiros, arriscando suas vidas para salvar a Amazônia”.

Lil Nas X: “Para onde vai o dinheiro das doações para ajudar a parar o fogo na Amazônia?”

Cody Simpson: “A Amazônia pode estar queimando no Brasil, mas as consequências afetam a todos nós. A vergonhosa falta de ação do presidente Bolsonaro significa que o mundo deve intervir. Encoraje seus líderes a defender o planeta e forçar a ação para salvar nosso precioso recurso que é a Amazônia”.

De acordo com os dados do Inpe, o número de focos de queimadas cresceu 82% este ano, comparado com o mesmo período de 2018. O desmatamento na Amazônia também se alastra de forma acentuada; comparado ao ano passado, a destruição em junho aumentou 90%, e 278% em julho, segundo dados do instituto. Tanto a Alemanha quanto a Noruega, países que contribuíam com grande quantia para a preservação da Amazônia, suspenderam suas doações, após o governo brasileiro tentar alterar os conselhos do Fundo Amazônia.

Precisamos abrir os olhos para essa questão, que é tão fundamental não só para os brasileiros, mas para a humanidade. Muito se fala do futuro e da herança que queremos deixar para as próximas gerações… Um planeta destruído certamente não poderia estar nesses planos. Precisamos proteger o que é nosso, precisamos proteger o que será dos que virão…

View this post on Instagram

Ontem (19), nós falamos aqui sobre o céu da cidade de São Paulo, que escureceu com a frente fria e a fumaça das queimadas na região da Amazônia, trazida pelos ventos. Hoje, mostramos novos números sobre o desmatamento nas florestas. De acordo com os dados do Inpe, o número de focos de queimadas cresceu 82% este ano, comparado com o mesmo período de 2018. O desmatamento na Amazônia também se alastra de forma acentuada; comparado ao ano passado, a destruição em junho aumentou 90%, e 278% em julho, segundo dados do instituto. Tanto a Alemanha quanto a Noruega, países que contribuíam com grande quantia para a preservação da Amazônia, suspenderam suas doações, após o governo brasileiro tentar alterar os conselhos do Fundo Amazônia. Precisamos abrir os olhos para essa questão, que é tão fundamental não só para os brasileiros, mas para a humanidade. Muito se fala do futuro e da herança que queremos deixar para as próximas gerações… Um planeta destruído certamente não poderia estar nesses planos. Precisamos proteger o que é nosso, precisamos proteger o que será dos que virão… (Fotos: Reprodução/TV Globo) #savetheamazon

A post shared by Hugo Gloss (@hugogloss) on