Após trabalharem juntos por anos, John Legend afirma que ele e Kanye West “nunca foram amigos muito próximos”; saiba os detalhes!

John Legend e Kanye West já trabalharam juntos diversas vezes — inclusive, o marido de Chrissy Teigen foi o primeiro lançamento da gravadora fundada por Kanye, a G.O.O.D. Music, em 2004. No entanto, em entrevista recente para a Vanity Fair, John garantiu que, apesar de suas carreiras estarem para sempre interligadas, os dois não são “melhores amigos”.

Capa da edição de dezembro da revista, o intérprete de “All Of Me” se distanciou do rapper. “Eu não estou tentando renegar Kanye, porque eu ainda o amo e amo tudo que nós fizemos juntos criativamente”, afirmou. E acrescentou: “Mas nós nunca fomos os amigos mais próximos”. 

View this post on Instagram

❤️❤️❤️❤️❤️

A post shared by John Legend (@johnlegend) on

John citou o apoio do marido de Kim Kardashian a Donald Trump como um dos motivos para o afastamento dos dois. O cantor acredita que Kanye não tem consciência política suficiente para separar a personalidade do presidente dos Estados Unidos de suas políticas. “Eu acho que o que sempre foi desafiador sobre este caso, é que Kanye nunca foi uma pessoa política”, explicou. “Eu não acho que ele conheça as políticas que Trump apoia. Ele apenas meio que compreende o espírito explosivo de Trump e a energia dele próprio ser ‘contracultura’ ao apoiá-lo”, afirmou John.

Em abril de 2018, Kanye fez uma série de tuítes em que afirmava seu apreço por Trump. John foi um dos muitos artistas a entrar em contato pessoalmente com o colega de profissão, no intuito de explicar a ele porque seu posicionamento era prejudicial. No entanto, o rapper decidiu publicar as conversas pessoais no Twitter, para mostrar aos seguidores que outros artistas estavam tentando violar seu direito de “pensar livremente”.

Após a polêmica, Kanye deletou os prints, mas John respondeu à invasão de privacidade com postagens próprias. “Eu imagino que há algum conforto em imaginar um futuro sem racismo e projetar isso no presente. Pensar que se nós apenas negarmos a verdade, ela não existe”, tuitou. E adicionou: “Eu amo que grandes, brilhantes artistas tem o poder de imaginar um futuro melhor. Mas artistas não podem ser cegos sobre a verdade”. 

John e Chrissy afirmam que seus amigos mais próximos são pessoas que eles conheciam antes da fama. À Vanity Fair, o músico revelou que conversa diariamente através de mensagens com antigos colegas de trabalho de quando ele era consultor. Já a modelo mantem contato com seus amigos e família através de grupos de mensagem que descreve como “uma comuna de textos”. Será que tem um lugarzinho pra gente nesses chats?