Famosos

Ex-integrante de girlband, Melissa Schuman acusa Nick Carter, do ‘Backstreet Boys’ de estupro

Pedro Hosken - Publicado em 22/11/2017 às 9:10
Compartilhe: Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Pinterest Compartilhar no Whatsapp Compartilhar no E-mail

Provavelmente motivada pelas recentes denúncias de abuso em Hollywood, a cantora Melissa Schuman – que fez parte do grupo Dream – acusou o astro dos Backstreet Boys, Nick Carter de tê-la estuprado. Em seu site pessoal, Melissa relembrou do triste episódio que teria ocorrido em 2002 quando tinha 18 anos. Na época, ela e o cantor viviam um affair quando um dia ele a chamou para um encontro na casa dele em Santa Monica, na Califórnia.

Segundo Melissa, os dois se beijavam até que o rapaz quis avançar o sinal, começando a desabotoar as calças dela. A jovem então disse que “não queria ir mais longe“, mas ele não parou, fazendo sexo oral contra a vontade dela. “Eu fiz isso por você e é certo que você faça isso por mim“, recordou ela do que Nick teria dito. “Eu me senti assustada e coagida. Ele estava claramente ficando muito irritado e impaciente comigo. Não tinha como eu sair dali“, escreveu a cantora.

Então, quando ele colocou minha mão em seu pênis, meu pensamento era que o único jeito de sair era deixá-lo terminar o que havia começado. Foi aí que eu percebi meu reflexo no espelho, observando-me fazer algo com o qual não consentia. Observando-me ser violada, forçada a participar de um ato contra minha vontade“, desabafou Melissa. A cantora prosseguiu o relato, contando que Nick então a coagiu a fazer sexo vaginal com ele, mesmo ela tendo dito que era virgem e que queria se guardar para o casamento. “Eu poderia ser seu marido“, debochou o cantor.

Foi feito. A única coisa que eu tinha mantido como uma virtude havia sido arruinada. Fiquei mole, virei minha cabeça para a esquerda e decidi que iria dormir agora. Eu queria acreditar que era uma espécie de pesadelo que eu estava sonhando“, lamentou Schuman, hoje com 33 anos. Segundo o relato, a Nick a ligou pouco depois daquela noite e continuou a telefonar algumas vezes, ainda que ela nunca atendesse. Ele finalmente deixou “uma última e irritada mensagem” e nunca mais ligou.

Dois anos mais tarde, Melissa assinou com o empresário de Nick esperando que o profissional pudesse apoiar sua carreira musical. Ela e Nick acabaram fazendo um dueto, embora as respectivas partes tenham sido gravadas separadamente. Depois que eles finalmente se encontraram pessoalmente novamente para tocar a música ao vivo pra uma gravadora, ela finalmente foi informada pelo empresário que a gravadora não estava interessada em assinar com ela. “Eu poderia dizer pelo tom do empresário que ele não estava mais interessado em trabalhar comigo por influência de Nick. Nunca mais fiz outra aparição depois disso e rapidamente perdi o interesse em buscar uma carreira como cantora“, encerrou Melissa.

Até o momento, o cantor Nick Carter não se pronunciou sobre a acusação, assim que ele o fizer, atualizaremos este post com seu posicionamento.