Chase Stokes, astro de novo sucesso da Netflix, ‘Outer Banks’, tem tuítes preconceituosos resgatados, e se manifesta: ‘Não estava me escondendo’

Nessa segunda-feira (18), foram resgatadas antigas publicações problemáticas de Chase Stokes, astro do novo sucesso da Netflix, a série “Outer Banks”. Os compartilhamentos foram feitos entre 2007 e 2013 no Tumblr, Facebook e Twitter, e apresentavam um linguajar pejorativo.

No primeiro, estava a foto de dois rapazes surfando, legendada com a palavra “nigga”, termo considerado extremamente racista nos Estados Unidos. Em outra, o ator chamou Justin Bieber de “boiola”. Na última delas, Stokes escreveu: “Só porque você é velho, isso não te dá o direito de dirigir feito um retardado”. O uso da palavra “retardado” também desagradou muito os internautas, que logo quiseram “cancelar” o artista.

Diante da rápida repercussão negativa na web, o artista se manifestou sobre o caso e se lamentou. “Eu falho, e eu peço desculpas”, declarou ele em seu Twitter, seguido de um longo esclarecimento. “Sim, vou me pronunciar sobre isso. Eu não estava me escondendo. Eu consultei um dos meus amigos mais próximos, como qualquer outra pessoa faria. Publiquei tuítes insensíveis. Meu Facebook foi hackeado inúmeras vezes. A foto nem é minha ou de alguém que conheço”, afirmou.

O intérprete de John B reforçou o pedido de desculpas, e prometeu usar suas redes para o bem. “Mais uma vez, sinto muito. Eu realmente sinto. Espero que vocês vejam o que estou fazendo atualmente e como continuo fazendo a coisa certa, respeitando o clima de hoje. Isso não justifica minhas palavras. Continuarei trabalhando para usar minha plataforma na mesma capacidade que ando fazendo/trazendo luz ao mundo”, finalizou.

Foto: Reprodução/Twitter)

Continua depois da Publicidade

A publicação, entretanto, foi rapidamente deletada, junto com todas as outras já feitas pelo artista na plataforma. Durante a noite, Chase explicou que havia sido hackeado. “Voltando agora ao Twitter. Minha senha foi alterada, estou resolvendo as coisas. Sinto muito que isso tudo esteja acontecendo de uma vez”, desabafou. “Alguém claramente teve acesso à minha conha. Então estou tentando resolver tudo”, reiterou.

Jonathan Daviss, colega de elenco que interpreta Pope, saiu em defesa de Stokes, rebatendo as acusações que o colega recebeu de ser “racista” e “homofóbico”. “Tenho visto muito ódio sendo enviado ao Chase por conta de posts no Facebook e tuítes feitos há mais de 10 anos, muitos dos quais foram feitos por hackers. Se vocês são nossos fãs, sabem que pregamos para seguir com amor e compreensão, ao invés do ódio”, enfatizou.

“Ele (Chase) já pediu desculpas para todos que possam ter sido emocionalmente afetados. E eu prometo para vocês que ele não é nenhuma das coisas que as pessoas têm o acusado de ser”, assegurou JD.