Claudia Raia faz desabafo e desmente comentários sobre ex-babá que faleceu por Covid-19: ‘Disseram que morreu por minha causa’

Claudia Raia participou de uma live com Adriane Galisteu no Instagram na noite dessa quinta-feira (28) e desabafou sobre a morte por Covid-19 de Regina Célia da Silva, que foi babá de seus filhos, Enzo Celulari e Sophia Raia, por 18 anos. A atriz fez uma homenagem linda nas redes sociais quando Regina faleceu na terça-feira (26), mas além de apoio, teve que lidar com comentários desrespeitosos que a acusavam de ser a responsável pela morte da ex-funcionária.

Durante o papo com Galisteu, Claudia iniciou falando sobre o julgamento desenfreado na internet. “Julgamento acho que é o mal do ser humano, é você botar o dedo na cara do outro e julgar antes mesmo de você saber o que está acontecendo. Eu acho que a internet tem coisas maravilhosas, mas ela deu voz a pessoas que não têm coragem de aparecer”, opinou a estrela. “Aí, acho que acontece uma coisa muito louca porque nós somos humanos e temos um monte de coisas ruins dentro da gente e a gente tá nessa vida pra melhorar e não pra dar voz ao nosso ego. O problema é o ego”, destacou.

A atriz, então, relembrou que ela e o companheiro, Jarbas Homem de Mello, também foram infectados pelo novo coronavírus. “De uma maneira muito branda, com a graça de Deus, porque essa doença não escolhe, né. Por um acaso, aleatoriamente, acontece. Ela também não escolhe quem vai ficar com sintomas graves e quem não vai. É uma sorte. Nós tivemos essa sorte. Eu fiquei 60 dias em casa, desci [] pra pegar uma comida, no elevador, de máscara e tudo. Bom, pegamos de uma maneira muito leve, graças a Deus, em cinco dias eu não tava sentindo mais nada. Meus filhos não pegaram”, apontou.

A intérprete de Donatela em “A Favorita” explicou que estava contando esse caso justamente para falar sobre a dona Regina Célia. “A babá que trabalhou 18 anos comigo, que você conhece, a Celinha, que faz parte da minha família, uma das pessoas mais importantes da minha vida, mora no Rio e eu moro em São Paulo há cinco anos. E há seis anos que ela não trabalha mais comigo. Quando eu me mudei pra cá, meus filhos tavam grandes e ela foi tomar o rumo dela, mas sempre com a gente, na nossa família. E há uns quatro meses eu não a via, porque eu vim de Portugal”, ressaltou.

Claudia explicou que há cerca de 15 dias Regina foi encontrada desacordada em casa porque havia ficado diabética, mas não sabia. Ela precisou ir até o hospital e acabou contraindo a Covid-19 enquanto estava internada. “Ela teve uma cetoacidose diabética (quando o corpo produz ácidos sanguíneos devido à falta de insulina no corpo, gerando fraqueza). Aí imediatamente me ligaram, eu organizei tudo daqui, ela foi internada. Quando ela entrou no hospital ela fez teste e estava sem o coronavírus. Aí ela saiu, foi pra casa de uma amiga, sem saber que estava doente, ficou um dia, que foi justamente o dia das mães, que a gente se falou. Então ela começou a passar mal e eu falei pra ela ir na hora ao hospital. Organizei tudo de novo, ela foi pra outro hospital. Chegando lá foi entubada, ficou 12 dias entubada, e faleceu. Uma coisa triste, horrorosa”, lamentou a atriz.

Ela explicou que na última segunda-feira (25) participou do “Encontro com Fátima Bernardes” e, lá, falou sobre o período em que havia ficado doente e mencionou que a babá também estava infectada, pedindo orações para ela. Infelizmente, Célia faleceu no dia seguinte e Claudia deu a entender que a entrevista no programa pode ter sido o pivô para os comentários que recebeu na sequência.

“Muitas pessoas falando de amor, porque tem muita gente legal, mas alguém disse: ‘Ela então pegou de você, morreu e você está aí, maravilhosa’. Pensei: ‘Gente, que loucura, eu to começando a desacreditar na raça humana’. As pessoas não sabem nada, se ela mora comigo, se ela trabalha comigo. E como eu vou ter controle disso? Como se eu fosse uma pessoa que deixa alguém que trabalha comigo desamparada por meio minuto. A pessoa não é obrigada a saber, mas como se acha no direito de dizer que ela morreu por minha causa?! É um ódio que se destila”, desabafou.

Claudia desabafou sobre a perda na live Galisteu (Foto: Reprodução/Instagram)

No dia 26, Claudia fez uma homenagem muito bonita para a ex-funcionária nas redes sociais. “Hoje é um dia muito difícil, nossa amada Célia nos deixou, ela que cuidou por tantos anos dos meus filhos. Quero deixar aqui uma singela homenagem pra expressar todo meu amor e minha gratidão, por você ter sido esse ser de luz em nossas vidas. Você nos ajudou muito, fez muito pelos meus filhos, sem você eu não teria conseguido chegar onde eu cheguei”, declarou.

“Você foi minha fiel escudeira, um ser humano precioso, com um coração gigantesco, uma pessoa que só cuidou de anjinhos e tenho certeza que a sua passagem será feita com muitos anjos lindos, música, dança e muita alegria! Regina Célia da Silva, nossa Bazinha… vá em paz meu amor, te amamos muito e pra sempre!”, completou a atriz.

View this post on Instagram

Hoje é um dia muito difícil, nossa amada @celia_103 nos deixou, ela que cuidou por tantos anos dos meus filhos. Quero deixar aqui uma singela homenagem pra expressar todo meu amor e minha gratidão, por você ter sido esse ser de luz em nossas vidas. Você nos ajudou muito, fez muito pelos meus filhos, sem você eu não teria conseguido chegar onde eu cheguei. Você foi minha fiel escudeira, um ser humano precioso, com um coração gigantesco, uma pessoa que só cuidou de anjinhos e tenho certeza que a sua passagem será feita com muitos anjos lindos, música, dança e muita alegria! Regina Célia da Silva, nossa Bazinha… vá em paz meu amor, te amamos muito e pra sempre!

A post shared by Claudia Raia (@claudiaraia) on

Filho de Claudia, Enzo Celulari também fez uma postagem para a babá. “Um vírus maldito que leva consigo pessoas amadas e do BEM. Essa ao meu lado é Regina Célia da Silva, também conhecida como Celinha e para os mais íntimos, Bá. Uma mulher forte, atenta e protetora. Que a sua passagem seja plena e seu novo caminho repleto de luz e paz”, desejou.

“A você, Bá, o nosso MUITO OBRIGADO por todo seu carinho, dedicação e amor incondicional. Nossos momentos, broncas e risadas ficarão para SEMPRE guardados aqui dentro. Voe alto nosso anjinho! Nós te amamos MUITO”, agradeceu ele.

Edson Celulari, que também conviveu com Célia quando ainda era casado com Claudia, foi outro que lamentou a perda nas redes sociais. “Célia, você foi muito importante em nossas vidas…você foi fundamental. Obrigado pelo seu carinho, amor e calor. Enzo e Sophia foram tão bem cuidados por você…ficavam seguros ao seu lado. Dividimos tantos momentos especiais, tantas alegrias… Sua força e cumplicidade seguem com a gente. Vá em paz e que os anjos te recebam com o mesmo amor que você plantou em nossos corações”, escreveu.