Coronavírus: Após 56 dias com a doença, modelo italiana segue testando positivo para Covid-19: “Estamos avaliando o caso”

Os mistérios do coronavírus seguem intrigando a ciência! Nesta semana, o The Sun relatou a enigmática história de Bianca Dobroiu, que contraiu a Covid-19 e foi liberada pelos médicos, mas seguiu tendo diagnóstico positivo para a doença. Após 56 dias, os exames da modelo italiana ainda apontam a presença do vírus em seu corpo.

Em 28 de fevereiro, Bianca teve febre de 40.7º C, foi atendida e diagnosticada com a Covid-19. Já no dia 6 de março, a estudante teve alta e recebeu a recomendação de ficar isolada em casa. A partir de então, ela seguiu fazendo testes – quatro deram positivo e um teve o resultado inconclusivo. Na última semana, a italiana foi examinada pela sexta vez e soube da notícia: positivo, ela ainda estava com o coronavírus.

Após oito semanas, o coronavírus seguiu aparecendo nos exames da modelo italiana Bianca Dobroiu. (Foto: Reprodução/Instagram)

O fator surpreendente é que o SARS-CoV-2, causador da doença, não costuma passar tanto tempo assim numa pessoa. “A paciente estava bem, mas os testes continuaram retornando com resultado positivo”, contou Luciano Attard, médico especialista em infecções do hospital. Segundo ele, o caso incomum seguirá sob observação: “Estamos estudando o caso dela cuidadosamente. Até onde sabemos, mais ninguém na Itália testou positivo por tanto tempo”.

Continua depois da Publicidade

Como Attard ressaltou, “em geral, os resultados positivos não duram mais que quatro semanas”. Enquanto isso, Dobroiu contou que não tem sentido mais nenhum sintoma, então, não está tão preocupada com os resultados. No entanto, ela seguirá sendo testada para o coronavírus.

Neste período, a modelo foi acompanhada apenas pela mãe, que teve resultado negativo para a Covid-19 em três exames. Agora, após oito semanas com a doença, a modelo não vê a hora de poder sair novamente e tomar um ar fresco. Torcemos para que logo ela fique bem!

Bianca Dobroiu postou fotos enquanto estava na quarentena, com uma aparência recuperada. (Foto: Reprodução/Instagram)

Continua depois da Publicidade

Na Itália, já são mais de 190 mil os casos confirmados do coronavírus, e o número de mortes se aproxima dos 26 mil, segundo o G1. O Brasil também está em estado alerta em meio à pandemia. De acordo com o UOL, o Ministério da Saúde informou hoje (24) que o número de óbitos subiu para 3.670. No país, são 52.995 os casos oficiais da Covid-19.

Com a pandemia, a melhor solução para evitar o coronavírus é o isolamento social. (Foto: Reprodução/Netflix)

Reforçamos que a maior medida de segurança é o isolamento social. Quando a quarentena não é uma opção, o uso de máscaras e higiene pessoal é indispensável! Enquanto pudermos nos manter seguros, estamos prevenindo que a doença se alastre… Assim, determinados nessa causa, conseguimos nos proteger e proteger a vida de quem amamos.