Deborah Secco explica ‘sexo dez vezes ao dia’ no início do relacionamento com Hugo Moura: “A gente nem comia, nem dormia”

É fogo pra dar e vender! kkkkk Deborah Secco fez uma participação no programa “OtaLab”, do UOL, na noite dessa quinta-feira (06) e voltou a falar sobre como era o sexo no início de seu relacionamento com o marido, Hugo Moura. A atriz explicou a declaração que viralizou nas redes de que eles “transavam dez vezes por dia”.

“Você sabe que depois dessa declaração muita gente ficou: ‘Putz, ela botou o sarrafo lá em cima’. Dez por dia! Nem somando todo mundo da banda [dá isso]”, comparou o apresentador Otaviano Costa, ao comentar o assunto. “Na verdade, eu nunca contei se foram dez”, admitiu Deborah, antes de descrever sua intenção com a afirmação.

“O que estava querendo dizer é que no início da relação a gente só fazia sexo, não tinha outro tipo de relacionamento. A gente só via e fazia sexo, a gente nem comia nem dormia”, revelou a artista. Ela, então, pontuou que as coisas mudaram com o tempo de casamento e com o nascimento da filhinha deles, Maria Flor.

“E aí quis dizer que, com o passar dos anos, a relação vai ganhando uma nova roupagem. A gente passa a trabalhar, passa a jantar, a almoçar, a dormir, passa a fazer outras coisas além de sexo”, completou Secco. Assista ao trecho:

A tal declaração foi dada no começo de julho durante um papo da atriz com Sabrina Sato no quadro online “Cada um no seu Banheiro”. “Eu engravidei com dois meses de namoro, então a gente transava dez vezes ao dia, quando transava médio. A gente estava naquele momento em que só transava. Depois, a gente começou a conversar, transar e cozinhar, transar e ver um filme, mas antes era só transar”, contou ela.

Na sequência ela falou justamente sobre como a gravidez afetou a rotina do casal. No início houve um receio por parte dela em relação ao sexo, mas eles mantiveram a atividade. “No fim da gravidez, deu uma animada master”, adicionou. Já após o nascimento de Maria Flor, as coisas ficaram mais mornas. “Minha terapeuta fala e acho a maior verdade: a criança te dá tanta felicidade, alegria e amor que o sexo passa a ficar tão murcho, chocho. Você não precisa mais dele para dar um up [na relação]. Tenho um up muito maior o tempo inteiro, sua libido é alimentada com outro tipo de alegria”, relembrou.

“Não perdi o desejo por ele, perdi o tempo que eu tinha com ele”, explicou. São várias as ocasiões em que esse desejo é atiçado, mas a correria não colabora. “Tô saindo para trabalhar, encontro ele no elevador, e penso, ‘PQP, que delícia, como queria’. Mas não posso. Vida que segue. Ou então ele passa assim, pelado, saindo do banho, eu penso: ‘Ai, que delícia’. A Maria fala ‘Mamãe’, então eu falo: ‘Ah, não dá'”, citou a atriz.

Deborah Secco contou que, no início do namoro, chegava a transar até 10 vezes por dia com Hugo Moura. Fuego! (Foto: Reprodução/Instagram)

Ainda na conversa com Otaviano Costa, Deborah falou que considera que tem um relacionamento “de muita sorte” com Hugo após seis anos juntos. “A gente se admira muito e tem o mesmo objetivo de vida. Dividir a vida com alguém parecido com você é muito fácil”, comemorou ela.

De acordo com a artista, o período em casa por conta da pandemia, que abalou o relacionamento de muitos casais, só os deixou ainda mais próximos. “Eu me apaixono a cada dia mais por ele. Ficar juntos mais tempo [na quarentena] me fez ficar mais apaixonada”, declarou a atriz. “Eu já sofri muito na vida [por amor]. Isso é uma conquista mesmo”, completou ela.

Confira a participação completa da atriz abaixo: