Douglas

Douglas Souza, do vôlei, relata episódio de homofobia sofrido em aeroporto: “Um dos piores dias da minha vida”; assista

Nesta terça-feira (7), o jogador de vôlei Douglas Souza relatou que sofreu homofobia em um aeroporto da Europa enquanto tentava ir para a Itália, país em que jogará pelo Vibo Valentia. O atleta brasileiro usou o Instagram para mostrar sua indignação, e afirmou que não deixará de falar sobre o assunto.

Nos vídeos, Douglas apareceu abatido para contar sobre o episódio que aconteceu durante uma viagem com seu namorado. “Hoje é um dos piores dias da minha vida. Foi horrível. Está sendo horrível. Eu só não vou contar realmente tudo o que aconteceu hoje porque eu tenho medo deles tirarem a minha passagem e me deportarem, e eu não vou conseguir chegar na Itália“, disse ele.

Ele afirmou que, depois que chegar em Vibo Valentia e se instalar, dará mais detalhes sobre o ocorrido. “Puro preconceito, homofobia, vocês não têm noção. Eu vou, sim, explanar isso, porque eu não mereço, ninguém merece isso“, desabafou.

Continua depois da Publicidade

No Twitter, Douglas tranquilizou seus seguidores, informando que já estava em solo italiano. “Quando der eu vou contar tudo, quero gravar muitos vídeos xingando… Brincadeira, não vou xingar não, mas quero contar os perrengues“, brincou o atleta.

Continua depois da Publicidade

Segundo o UOL, o caso ocorreu durante uma ponte aérea de Amsterdã, Holanda, para Roma, na Itália. Durante as Olimpíadas de Tóquio, Douglas se tornou um verdadeiro fenômeno nas redes sociais. Mostrando os bastidores da competição com seu jeito engraçado e irreverente, o jogador de vôlei viu seus 200 mil seguidores se transformarem em 3 milhões durante os Jogos.