Dulce María explica por que não participará de live do RBD; assista

Na última quarta-feira (30), os fãs de RBD foram surpreendidos com o anúncio de uma live da banda. O show – batizado de “Ser O Parecer” – acontecerá no dia 26 de dezembro e já está deixando todo mundo super animado! Porém, um fato decepcionou muitos fãs: Dulce María e Alfonso Herrera (Poncho) não participarão do evento. Neste sábado (03), nossa eterna Roberta Pardo postou um vídeo explicando o motivo de sua ausência no momento especial.

Como já era esperado, a cantora disse que não poderá participar por estar grávida. “Eu adoraria estar lá fisicamente, mas, como sabem, estou gravidíssima, estou com mais ou menos sete meses e me dizem que ele pode nascer entre dezembro e janeiro“, afirmou. Dulce espera sua primeira filha com o marido, o produtor de cinema Paco Álvarez.

Continua depois da Publicidade

Dulce ressaltou que esse apenas não é o melhor momento para ela. “Acredito que isso será uma grande realização e eu, claro, faria parte disso em qualquer outro momento da minha vida. Em todos esses 12 anos que passaram, eu podia fazer sem nenhum problema, não havia nada mais importante que estar presente honrando tudo isso, assim como eu faço em cada show meu, sempre recordar e honrar toda essa magia e tudo isso que nos marcou. Porém, nesse momento, eu não posso fazer parte. Sendo bem honesta comigo e com os demais, não posso me comprometer a estar 100%“, contou.

Na sua reunião, o RBD não contará com Dulce María e Alfonso Herrera (Foto: Divulgação/Televisa)

Ela revelou que, com a gravidez, suas prioridades mudaram. “Agora minha cabeça está em conseguir dormir bem, conseguir comer bem, tentar estar o melhor possível e o mais sã possível fisicamente e mentalmente, porque fiquei 30 anos trabalhando e realmente dei à minha carreira toda a minha vida e todo o meu tempo. Agora estou formando uma família, estou vivendo uma etapa muito especial que não posso adiar… esse ser depende totalmente da minha estabilidade e da minha saúde“, afirmou.

Continua depois da Publicidade

A atriz disse ser muito grata pelos anos com o grupo. “Eu os amo, sempre os agradeço, estão sempre em meu coração. O RBD é um projeto que marcou e mudou a minha vida, me ensinou muito, o que sou hoje na vida profissional e pessoal é, em grande parte, pelas vivências que eu tive lá“, pontuou. A cantora relembrou que o esforço não seria apenas para um dia, porque teriam ainda os ensaios. “Eu gosto de participar e fazer as coisas 100%, assim como quando estava no grupo, eu estava entregue de corpo e alma. Mas agora não posso estar, eu me canso de subir as escadas, já é um esforço, são muitas coisas“, falou.

Ela desejou muito sucesso à Anahí, Maite Perroni, Christian Chávez e Christopher von Uckermann. “De alguma forma, tudo estava acomodado para que fosse nesse momento, que os quatro possam estar nesse momento porque será algo muito especial. Espero que eles aproveitem muito, que seja incrível, desejo tudo de melhor, que vocês e toda a geração Rebelde aproveitem muito“, disse. Dulce afirmou que essa decisão não foi nada fácil, mas era necessária. “Estarei lá de coração no dia 26 de dezembro… acredito que nada seria igual sem algum dos seis, e acredito que o que os quatro estão fazendo agora será muito bonito e valioso“, falou. Muito fofa, né?

Continua depois da Publicidade

Em uma live no dia 30 de setembro, Christian falou sobre a ausência dos colegas e revelou que Herrera tomou essa decisão por não ser tão interessado no universo musical. “Lamentavelmente, o Poncho também [não estará], pois ele nunca gostou da parte musical, ele sofreu muito. Então, está tudo bem. Também temos que respeitar isso”, contou o intérprete de Giovanni em “Rebelde”.

Continua depois da Publicidade

Sobre a situação de Dulce, ele repetiu várias vezes que todos os membros do RBD compreenderam a escolha da cantora: “Respeitamos que ela queira dar a prioridade ao seu filho. Mas não queremos deixar de celebrar com vocês”. Ele também esclareceu por que isso não se trata de um “reencontro”. “Não queríamos deixar passar essa oportunidade para cantar, recordar e fazer um tributo. Isso é um tributo ao RBD. Não é um reencontro, porque reencontro seríamos os seis. […] Queríamos que estivéssemos nós seis, isso é algo que levamos muito tempo planejando e falando”, declarou.