Eita! Mario López é criticado por questionar criação de crianças transgênero; após respostas de famosos como Karamo Brown, do “Queer Eye”, ator se justifica! Entenda

Declarações polêmicas! Mario López causou bastante controvérsia nas redes sociais, após ter feito críticas aos pais que criam crianças as considerando transgêneros! Depois da repercussão de sua entrevista ao “The Candance Owens Show” em junho, o ator e co-apresentador do “The X Factor” norte-americano divulgou um comunicado se desculpando pelos comentários nesta quarta-feira (31).

Para nos situarmos nessa história, temos de voltar à origem da polêmica! “Meu Deus, quando você tem três anos de idade e você está dizendo que está se sentindo de certa maneira, ou que você acha que é um menino, ou uma menina, ou qualquer coisa que seja o caso, eu apenas acho que é perigoso como um pai fazer essa determinação, então, ‘bom, ok, você vai ser um menino, ou uma menina’, ou qualquer que seja o caso”, opinou Mario, há mais de um mês.

Além de defender que “não entendemos nada sobre sexualidade na infância”, López se mostrou preocupado com o que aconteceria no futuro com essas pessoas. “É um pouco alarmante e meu Deus, eu só penso nas repercussões disso depois”, declarou ele. Dá uma olhada na conversa, a partir de 12:30:

Não demorou até que o assunto tomasse grandes proporções, com muitas pessoas se propondo a esclarecer do que aquilo se tratava. Um deles foi Karamo Brown, de “Queer Eye”. Em seu perfil no Twitter, o astro não seguiu com os pedidos de “cancelamento” do artista. Ao invés disso, quis explicar melhor a questão. “Estou desapontado em ler os comentários do Mario López sobre pais que apoiam a abertura de seus filhos sobre identidade de gênero”, escreveu.

“Como uma pessoa que faz trabalho social, estou treinado a identificar abuso ou negligência sobre uma criança. Diálogo saudável e seguro com as crianças não é nem abusivo, nem negligente, nem ‘perigoso’. Eu não acho que Mario deve ser ‘cancelado’. Mas acredito que ele deve ter a oportunidade de aprender por que seus comentários foram prejudiciais aos jovens trans e aos seus pais. Mario, estou pronto para falar quando você estiver”, adicionou Karamo. Olha só:

Assim como ele, o ex-jogador da NFL e agora ativista Wade Davis, fez questão de reforçar que isso não teria a ver com sexualidade. “Ser trans é sobre identidade, não sexo. E os colegas trans entendem que estão sendo tratados diferente da forma como se identificam… E adultos forçam o gênero nas crianças desde o nascimento”, refutou Davis.

Ainda assim, houve os que ficaram ao lado do ator. “Mario López não estava falando sobre adolescentes. Ele estava falando sobre crianças muito jovens. Qualquer criança abaixo dos 9 anos deveria procurar ajuda… Eu concordo com Mario, ele estava falando a verdade”, contestou um usuário. O bafafá foi tanto, que a discussão foi parar nos assuntos mais comentados no Twitter recentemente. Confira:

De qualquer forma, o astro resolveu se pronunciar. Em comunicado divulgado hoje pela People, Mario parece ter compreendido que suas falas foram interpretadas como ofensivas. “Os comentários que eu fiz foram ignorantes e insensíveis, e agora eu tenho um entendimento muito mais profundo do quanto eles foram dolorosos”, justificou ele.

Mario reforçou que pretende manter-se ao lado da comunidade LGBTQ+, no entanto, informando-se melhor nesses tópicos. “Eu tenho sido e sempre serei um apoiador entusiasta da comunidade LGBTQ, e vou usar dessa oportunidade para me educar melhor. Seguindo em frente, eu estarei mais informado e mais atencioso“, concluiu.