Ellen Pompeo revela que quase pediu demissão de “Grey’s Anatomy” nas primeiras temporadas: “Ambiente de trabalho realmente tóxico”

Ellen Pompeo é uma das atrizes mais bem-pagas da televisão norte-americana, e estrela do drama médico mais longevo da história da telinha. No entanto, nem tudo foi maravilhoso na jornada da estrela dentro de “Grey’s Anatomy”. Em um bate-papo com a atriz Taraji P. Henson para a revista Variety, nossa eterna Meredith Grey confessou que quase pediu demissão da série.

“Houve muitos momentos”, falou sobre sua vontade de sair de “Grey’s” ao longo dos anos. “É engraçado: eu nunca quis sair no ano em que eu podia sair. Nos dez primeiros anos, nós tivemos sérios problemas, comportamentos muito ruins, um ambiente de trabalho realmente tóxico. Mas, quando eu comecei a ter filhos, não era mais sobre mim. Eu precisava prover para a minha família”, revelou.

Nas primeiras onze temporadas da série, o astro Patrick Dempsey interpretou o marido de Meredith, Derek Shepherd. A atriz explicou o que se passou em sua mente: “Com 40 anos de idade, onde mais eu vou ganhar esse tipo de dinheiro? Eu preciso cuidar dos meus filhos. Mas, depois da décima temporada, nós tivemos grandes mudanças na frente e atrás das câmeras. Se tornou o meu objetivo ter uma experiência [no set de filmagem] que me deixasse feliz e orgulhosa, porque nós tivemos tanta turbulência por uma década”, disse Ellen. E acrescentou: “Minha missão virou: ‘Isso não pode ser fantástico para o público e um desastre nos bastidores’. Shonda Rhimes e eu decidimos reescrever o final dessa história. Isso é o que me manteve seguindo em frente. Patrick Dempsey deixou a série após a décima primeira temporada, e o estúdio e o canal acreditavam que a série não poderia prosseguir sem um protagonista masculino. Então, eu tive que provar que podia, sim. Eu estava em uma missão dupla”. 

(Fotos: Divulgação/ABC)

E a missão foi cumprida com sucesso! “Grey’s Anatomy” é uma das séries televisivas mais aclamadas pelo público, tanto na TV, quando na Netflix. A atração é a mais assistida do serviço de streaming, ao lado de “Friends”. De acordo com Ellen, Patrick ganhava o dobro de seu salário nas três primeiras temporadas, porque ele tinha uma “cota de televisão”, e ela nunca tinha feito TV. “‘Ele fez 13 pilotos’. Bom, nenhum deles deu certo. Eu sequer percebi isso, até nós renegociarmos para a terceira temporada. Ninguém estava oferecendo essa informação”, relembrou. Em entrevista ao site The Hollywood Reporter, a atriz também falou que, uma vez, pediu 5 mil dólares a mais que o co-astro, “só por princípios”. 

No entanto, o estúdio não aceitou. “Eles não cediam. E eu poderia ter saído da série, então por que não saí? É a minha série; eu sou a número um. Eu tenho certeza que senti o que muitas das outras atrizes sentem: por que eu deveria me afastar de um papel excelente, por causa de um homem? Você se sente em conflito, mas aí pensa: ‘Não vou deixar um cara me tirar da minha própria casa'”, disse a poderosa. À Variety, ela ainda acrescentou que “você pode saber o seu valor, mas se eles não souberem, você não pode chorar”. 

Em 2018, Ellen estendeu seu contrato em “Grey’s Anatomy” e ainda passou a cumprir o papel de produtora, tanto na série que leva o nome de sua personagem, como no spinoff “Station 19”. O novo acordo lhe dá direito a um salário de 20 milhões de dólares por ano (!): “Eu não tenho sido desafiada criativamente. De vez em quando, nós contamos uma história incrível”. No entanto, Ellen destaca que passou por outros desafios. “Nos últimos cinco anos, eu conquistei outros marcos que nós estávamos tentando alcançar atrás das câmeras”, afirmou.

Ela ainda falou sobre a incrível comunidade de atrizes que existe hoje. “Todo mundo está pegando esses estereótipos antigos e os jogando pela janela”, afirmou. Nossa Mer é incrível tanto na ficção quanto na vida real! Rainha!