Luva de Pedreiro

Empresário do Luva de Pedreiro teria recusado contrato para campanha com Cristiano Ronaldo, diz jornalista; saiba detalhes

Além de contratos com Nike e Unilever, Allan Jesus ainda teria omitido endereço do influenciador

Novos desdobramentos da polêmica envolvendo Iran Ferreira, mais conhecido como Luva de Pedreiro, e o empresário Allan Jesus vieram à tona. Nesta quinta-feira (23), o empresário tentou se justificar em um vídeo publicado nas redes sociais. No entanto, hoje (24), novas fontes afirmaram que Allan teria rejeitado publicidades milionárias em nome do cliente.

Segundo Léo Dias, do Metrópoles, desde o início do ano, a Nike vinha tentando contato com o influenciador, para uma campanha especial com a Seleção Brasileira de Futebol, relacionada à Copa do Mundo de 2022. O empresário, porém, teria dito ‘não’ em todas as vezes nas quais foi procurado. Além disso, o homem ainda teria omitido de propósito o endereço do Luva de Pedreiro, para que ninguém enviasse produtos a ele.

[Ele dizia] Não estamos fechando com nenhuma empresa desse seguimento. Ele queria cobrar dinheiro alto para pouca entrega”, revelou uma das fontes para o colunista.

Ainda, a Unilever também teria convidado o jovem para estrelar uma campanha de shampoo ao lado de ninguém menos que Cristiano Ronaldo. De acordo com a testemunha, a campanha por si só já renderia muito dinheiro, entretanto, Allan Jesus teria pedido duas vezes mais do valor que foi oferecido. “Algo totalmente fora do contexto de mercado”, afirmou a fonte. O site da ASJ Consultoria, que pertence ao empresário, foi retirado do ar.

Continua depois da Publicidade

Empresário contratou auditoria

Com a repercussão da história, Allan Jesus gravou um vídeo no qual se defende das acusações. “O Iran tem duas contas de pessoa física e ele tem conhecimento de uma terceira conta, de pessoa jurídica, que é a conta da nossa empresa – da qual ele é sócio também. Essa conta foi criada esse ano. Todos os nossos contratos de publicidade estão com essa conta para recebimento, justamente para que toda a transparência seja possível, uma vez que todos os sócios têm acesso aos extratos”.

Segundo ele, até o momento não houve nenhum depósito referentes às publicidades milionárias feitas por Iran: “Essa conta ainda não teve nenhum recebimento. Nossos contratos de publicidade, todos eles somam aproximadamente um pouco mais de R$ 2 milhões. Todos os pagamentos serão feitos a partir de julho de 2022. Ou seja, até o presente momento, os contratos de publicidade que a gente firmou pela empresa – O Cara da Luva – ainda não foram pagos”.

Fotojet (2)
Allan Jesus, empresário de Luva de Pedreiro, alegou que o cachê das publicidades milionárias ainda não teriam caído. (Fotos: Reprodução/Instagram)

De acordo com Allan, sua empresa, a ASJ Consultoria, teria recebido apenas um valor de R$ 20 mil a respeito de um acordo informal feito por Iran com outra agência antes de criarem sua sociedade. Com toda essa controvérsia, o empresário disse ter contratado uma auditoria para averiguar todas as entradas e saídas. “Eu contratei uma auditoria que vai periciar toda a documentação, todos os contratos, a conta bancária, todos os recibos e notas fiscais do que foi investido. Aproximadamente, nesses quatro meses de trabalho, foram gastos mais ou menos R$ 200 mil como investimento a título de despesas do projeto, bem como despesas pessoais do Iran”, antecipou ele.

Continua depois da Publicidade

Ainda ontem, veio à tona um vídeo mostrando as casa simples em que Iran e sua família moram. Segundo o colunista do Metrópoles, o imóvel não tem portas em alguns cômodos e estava com obras por fazer, com sinais da reforma que o pai de Luva de Pedreiro teria iniciado por conta própria. Assista:

Allan também falou sobre o assunto, alegando que estaria negociando uma reforma no local há meses. “Em abril desse ano, eu entrei em contato com uma arquiteta, convidei ela para o projeto, ela prontamente aceitou. Desde então, a gente vem conversando, negociando com uma marca global, em que estava sendo acordada a construção dessa nova casa do Iran, bem como as melhorias do imóvel. O projeto dessa casa ficou pronto – o Iran tinha conhecimento, os pais. Eu tenho prints e conversas de WhatsApp com a arquiteta e com a marca. Tenho e-mails trocados, em que eu posso comprovar que nesses dois meses eu vinha negociando e tratando dessa construção da casa do Iran”, afirmou.

Continua depois da Publicidade

O empresário ainda disse que aquela casa, na verdade, estaria sendo usada apenas para a produção de conteúdo. “Desde então, a casa dele estava lá apenas para produzir conteúdo e continuar a narrativa que a gente tinha construído, uma vez que ele estava no Rio de Janeiro há alguns meses, como é de conhecimento público, como ele postava sua rotina aqui”.

Por fim, Allan afirmou que pagará o que deve caso a auditoria comprove que ele teria desviado dinheiro de seu cliente. “Eu acredito agora que, com a auditoria ficando pronta, se for provado que eu surrupiei 1 real do Iran, que eu arque com todas as consequências, pague por esses atos, uma vez que eu tô pautado na verdade, uma vez que eu tenho um nome a zelar, que eu trabalho nesse meio há muitos anos, tenho clientes, parceiros, tenho família, sou pai de família, e entrego pra justiça divina e pra Justiça dos homens pra que isso tudo se resolva da melhor maneira possível”, encerrou. Assista ao vídeo abaixo:

Entenda o caso

No último domingo (19), Luva de Pedreiro preocupou os fãs com uma live no Instagram, na qual anunciou que daria uma pausa na carreira por “cansaço”. Dias depois, surgiram algumas polêmicas envolvendo o agenciamento do baiano. Nas redes sociais, Iran voltou com seus posts, mas removeu todas as menções ao empresário Allan Jesus.

No desabafo publicado em sua conta, ao afirmar que se afastaria da mídia, Iran se mostrou irritado com as cobranças que vinha sofrendo. “Estou [aqui] pelos meus seguidores. O que meus seguidores falarem comigo aí… Tá ligado? Eu não bebo não, parceiro. Estou são. Mas eu quero desabafar nessa p*rra. Estou de saco cheio, já”, disse.

Continua depois da Publicidade

“Um abração para vocês aí. Esses dias, não vou postar vídeo não. Vou ficar uns tempos aí sem postar vídeo. Eu vou esfriar a cabeça, pô! Ficam enchendo o saco do cara. Seguir essa p*rra sozinho. Deus e meus fãs, mano. F*da-se. O resto é o resto”, completou.

Após o vídeo, os seguidores passaram a especular que o jovem estivesse insatisfeito com sua equipe de assessoria e com o empresário. Apesar das manifestações, o influenciador não falou mais sobre o assunto. Já na segunda-feira (20), entretanto, o baiano voltou para as redes sociais e publicou um novo vídeo mostrando suas habilidade futebolísticas. “Graças a Deus, pai”, escreveu ele na legenda. Ferreira ainda retirou as menções ao empresário de seus perfis.

A história ganhou ainda mais força quando o colunista Léo Dias, do Metrópoles, disse que o jovem já está com novos empresários. Ainda de acordo com o jornalista, Luva de Pedreiro teria somente cerca de R$ 7,5 mil em sua conta bancária, apesar do sucesso com os mais de 14 milhões de seguidores e um contrato assinado com a Amazon para anunciar transmissões de partidas no Prime Video, no valor de R$ 1 milhão.

Quem é o Luva de Pedreiro?

Aos 20 anos e nascido no interior da Bahia, o jovem Iran Ferreira se tornou um fenômeno da internet com gols incríveis feitos em um campo de terra. Atualmente com 14,6 milhões de seguidores apenas no Instagram, além de outros 16,9 milhões no Tik Tok, “Luva de Pedreiro” já teve seus bordões entoados até por Cristiano Ronaldo. Recentemente, ele esteve na final da Champions League, entre Liverpool e Real Madrid, em Paris, e gravou vídeos para a conta do Paris Saint-Germain. Receba!