Maricapa

Estrela de reality show revela surpresa com partes íntimas de jogador de futebol: “Tirou a cueca, e eu disse ‘Tchau'”

*Erramos! Na nota original publicada nesta terça-feira (14), o hugogloss.com chegou a se referir à Mari Cielo Pajares, de forma equivocada, como uma ex-atriz pornô. Pajares, de fato, já participou de longas sensuais, mas nunca se aventurou por esse outro gênero de filmes explícitos. Mari Cielo é atriz, produtora, diretora e escritora, com uma longa carreira artística, filha de Andrés Pajares, renomado ator espanhol. Pedimos desculpas à Cielo pela incorreção. 

Conhecida por sua participação no reality show espanhol “La Casa Fuerte 2”, Mari Cielo Pajares entregou detalhes íntimos de sua relação com um famoso jogador de futebol. Em entrevista à revista Diez Minutos, a atriz revelou que o atleta teria a surpreendido pelo tamanho muito reduzido de seu pênis.

Tivemos relações sexuais em várias ocasiões. Ele tinha um abdômen e costas impressionantes, mas ele tirou a cueca samba-canção e eu disse, ‘Tchau!’ Era como um pequeno verme perdido na Floresta Amazônica. Direi apenas que ele é estrangeiro e muito bonito“, declarou. Questionada pela publicação se o tal craque tratava-se do brasileiro Ronaldo Fenômeno, Mari negou. “Não digo o nome e nunca direi porque não quero afundar a vida dele“, explicou.

Em seu livro, “Memoirs of a Whore” – “Memórias de uma Prostituta”, em tradução livre, a estrela espanhola chegou a narrar um encontro com um jogador. Apesar da obra se tratar de um romance, a maior parte dos personagens são reais, de acordo com Pajares.

Mari Cielo Pajares Participante Do Reality Show La Cara Fuerte 2 1631556365265 V2 450x337
Mari Cielo Pajares fez muito sucesso no reality “La Casa Fuerte 2”, na Espanha (Foto: Reprodução/Instagram)

“Foi no começo da madrugada que o jogador português decidiu ser a hora de irmos para a cama. Quando ele tirou a cueca… eu soube, sem dúvidas, que esse era o menor micropênis que já tinha visto na minha vida. Para o masturbar ia precisar de pinças, um microscópio e um GPS”, diz a história.

Ainda na mesma entrevista, Mari confirmou que o caso narrado aconteceu de verdade.