Estrela de “Supergirl” faz desabafo chocante sobre violência doméstica em relacionamento e revela sequelas físicas e psicológicas: “Me tornei uma pessoa que nunca poderia imaginar”

Nesta quarta-feira (27), a atriz Melissa Benoist, conhecida no mundo todo por protagonizar a heroína “Supergirl” na televisão, revelou que foi vítima da violência doméstica. Em sua conta pessoal no Instagram, a artista afirmou que o histórico foi fruto de um relacionamento passado com um rapaz mais novo do que ela.

A atriz de 31 anos gravou um vídeo de 14 minutos, no qual relata os horrores que viveu. “Eu sou uma sobrevivente de violência doméstica ou IPV (Violência por Parceiro Íntimo), que é algo que eu nunca esperava dizer na minha vida, e muito menos compartilhar. Ele era uma pessoa incrível, que realmente não deu a opção de não me sentir atraída por ele. Ele podia ser charmoso, engraçado, manipulador, desonesto”, começou.

A artista explicou que, desde o início, o fato dele ser mais novo que ela foi um problema pela falta de maturidade. A princípio, ela nem queria se envolver. “Por um período de tempo, eu não estava interessada. Eu tinha ficado solteira recentemente, ganhando minha independência em uma mudança na minha vida”, relembrou. Mas a jovem acabou não resistindo a forma que ele a fazia se sentir, o que mudou logo que o namoro começou.

“Ainda é difícil para mim dissecar o que estava pensando e sentindo que me impediu de parar o que parecia ser um trem de carga descontrolado. Não importava que eu tivesse dúvidas, se era ele ou não, na época, era muito bom o quanto ele me cobiçava. Quanto ele parecia valorizar quem eu era. Ele me amava. Pensei que eu o amava, e eu ia fazer funcionar”, disse.

Melissa Benoist está no ar como a “Supergirl”. Foto: Reprodução/YouTube

Os atos do rapaz, que não foi identificado por Melissa na gravação, começou em pequenas atitudes, como mexer em seu celular e pedir que ela trocasse de roupa para usar peças mais “comportadas”, até chegar ao ponto de proibi-la de fazer audições de trabalhos que teriam cenas de romance. “Nada disso foi registrado como abuso, porque eu estava preocupada com o que ele sentia naquele momento, até entender como isso me afetava”, explicou.

Melissa explicou que os abusos psicológicos se tornaram físicos de forma de repentina, e deu detalhes chocantes do que acontecia entre quatro paredes. “A verdade gritante é que aprendi como era se sentir amarrada e receber tapas repetidamente, receber um soco tão forte quanto o vento que me derrubou, ser arrastada pelos cabelos pela calçada, ter a cabeça golpeada até que minha pele se abrisse, ser empurrada contra uma parede com tanta força que o secador de mãos quebrou e ser enforcada”, relatou.

Na filmagem, Benoist conta como precisava sempre se trancar no quarto, mas o parceiro conseguiu arrombar a porta diversas vezes. O tempo sendo violentada acabou com a autoestima da atriz e a transformou. “Eu mudei e não tenho orgulho de como mudei. Tornei-me uma pessoa que eu nunca poderia imaginar. Fiquei lívida com o que estava acontecendo e com o fato de estar permitindo que isso acontecesse por medo de fracassar. Eu experimentei em primeira mão que a violência gera violência. Comecei a revidar porque a raiva é contagiosa”, lamentou.

A gota d’água foi uma agressão que quase deixou sequelas para a vida toda: “Foi um golpe na minha cara com o celular dele. O impacto rasgou minha íris, quase rompeu meu globo ocular, rasgou minha pele e quebrou meu nariz. Fiquei com os lábios inchados… Algo dentro de mim quebrou, isso foi longe demais”.

Na mesma época, uma amiga pessoal notou que algo estava errado e ofereceu ajuda para a atriz. “Partir não foi um passeio no parque. Não é um evento, é um processo. Senti sentimentos complicados de culpa por sair e por machucar alguém que protegi por tanto tempo, e sim, um sentimento triste de deixar algo familiar. Mas, felizmente, as pessoas que eu deixei entrar na vida, quanto mais me fortalecia, nunca perdi a sensação de clareza que eles me davam: ‘Você não merece isso'”, confidenciou.

Já nos minutos finais do vídeo, Melissa explicou que os horrores vividos serviram para ela descobrir o que é amor de verdade. “Quebrar esse ciclo foi a escolha mais gratificante e empoderadora que já fiz para mim. Sinto uma força duradoura. Eu vou me curar disso pelo resto da minha vida”, finalizou. No início deste ano, a estrela se casou com o colega de elenco da série, o ator Chris Wood. Anteriormente, ela viveu um relacionamento com o ator Blake Jenner, seu colega em “Glee”.

View this post on Instagram

Quite literally, 🥰

A post shared by Melissa Benoist (@melissabenoist) on

Em um segundo post, a “Supergirl” aconselhou que outras mulheres que estão passando por isso possam procurar ajuda. “A longa e sinuosa estrada de cura e reconciliação me levou a esse momento em que me sinto forte o suficiente para falar sobre minha experiência de maneira aberta, honesta e sem vergonha. Ao compartilhar minha história, espero poder capacitar outras pessoas a procurar ajuda e se livrar de relacionamentos abusivos. Todo mundo merece ser amado sem violência, medo e danos físicos”, escreveu.