Ex-dançarina de Justin Bieber detona cantor nas redes sociais, reclama de tratamento em turnê e o acusa de degradar mulheres: “Abominação”

Após Justin Bieber declarar seu apoio ao empresário Scooter Braun em meio à treta com Taylor Swift, o cantor sofreu muitas críticas de fãs da cantora e personalidades como a supermodelo e atriz Cara Delevingne. Porém, nenhuma delas foi tão grave quanto a da dançarina e coreógrafa profissional Emma Portner, que já trabalhou para o astro no passado. Emma, que é casada com a atriz Ellen Page, publicou em suas redes sociais, uma mensagem bastante incisiva direcionada à Justin: “Eu me arrependo de trabalhar sob o seu nome”. 

As maiores críticas da profissional são à forma como foi tratada enquanto trabalhou na turnê do cantor, a “Purpose World Tour”, em 2016. “Eu dei ao seu universo o meu corpo inocente, minha criatividade, tempo e esforço. Duas vezes. Por conteúdo pelo qual você lucrou milhões. Enquanto eu não ganhei nada”, escreveu na segunda-feira (1) em um longo post no Stories, que já foi deletado.

De acordo com Emma, o cantor a pagava menos do que um salário mínimo por suas horas de trabalho. “Eu não tinha dinheiro para comer. Eu estava limpando o chão de estúdios de dança para poder praticar meu próprio ofício”, revelou. E ainda acrescentou: “O modo como você degrada as mulheres é uma abominação”.

Além disso, ela afirmou que o cantor frequentemente se associa a pessoas “problemáticas”, e que frequenta uma igreja que não apoia a comunidade LGBTQ+, apesar dele ter a contratado para trabalhar em sua turnê. “Como você se sente a respeito disso? Uma lésbica, AJUDANDO VOCÊ, por uma quantia desrespeitosa de dinheiro, enquanto você frequenta uma igreja que vai contra a minha existência?”, indagou.

Para completar, Emma disse que esperava que ele estudasse, lesse muito, e se educasse para se tornar uma pessoa melhor: “Um pastor branco e heterossexual e um empresário não podem ser a sua única e mais importante fonte de ponto de vista nesse mundo”. Ela ainda fez um último apelo. “Você tem um poder IMENSO. O use para PARAR DE DEGRADAR MULHERES”, insistiu.

Entenda como a treta começou

No domingo (30), Taylor Swift  publicou um longo texto a respeito da compra de sua antiga gravadora, a Big Machine Label Group, pelo empresário Scooter Braun. O grande problema para a cantora é que, com a aquisição, o empresário se tornou proprietário de seu antigo catálogo, e os dois têm um histórico tenso. Para exemplificar, ela publicou o print de uma postagem de Justin Bieber, no qual ele tirava sarro dela com uma foto sua, de Kanye e de Scooter conversando por FaceTime. “E aí, Taylor Swift?”, escreveu na legenda na época. Segundo Taylor, o bullying virtual teria influência de Braun.

(Foto: Reprodução/Tumblr Taylor Swift)

Logo em seguida, o cantor veio em defesa do agente. No Instagram, Justin começou sua nova mensagem de maneira positiva: “Oi, Taylor. Em primeiro lugar, eu gostaria de me desculpar por publicar aquela foto e mensagem dolorosa no Instagram. Na época, eu achei que era engraçado, mas olhando para trás, foi de mau gosto e insensível”. O astro assumiu a autoria da publicação, e disse que o empresário não teve nada a ver com ela. Ele também alegou que, no print da ligação por FaceTime que postou, ele, Kanye e Scooter não estariam conversando sobre a cantora. “Ele foi a pessoa que me disse para não brincar daquele jeito… Scooter lhe protegeu desde os dias em que você, graciosamente, me deixou abrir os seus shows! Conforme os anos passaram, nós não nos cruzamos e não tivemos a oportunidade de comunicar as nossa diferenças, dores e frustrações”, disse.

No entanto, o resto da publicação prosseguiu chamando a atenção de Taylor para a atitude de publicar seu texto sobre Scooter nas redes sociais. Na opinião de Justin, não teria sido algo justo. “Onde você estava querendo chegar, publicando aquele texto? Me parece que era para conquistar simpatia. Você também sabia que, postando aquilo, os seus fãs fariam bullying com o Scooter. De qualquer modo, uma coisa que eu sei, é que eu e Scooter amamos você. Sinto que a única maneira de resolver conflitos, é através da comunicação”, deu a letra.

E acrescentou: “Acredito que ficar de picuinha online não resolve nada. Tenho certeza que eu e Scooter amaríamos falar com você para resolver qualquer conflito, dor ou qualquer tipo de sentimento que precisa ser resolvido. Tanto eu quanto Scooter não temos nada de negativo para dizer sobre você, nós realmente só queremos o melhor para você. Normalmente, eu não respondo a este tipo de coisa, mas quando você tenta manchar o caráter de alguém que eu amo, você está cruzando um limite”. 

Nos comentários da publicação, Hailey Bieber, esposa do cantor, deixou seu apoio: “Cavalheiro”.  Confira o texto abaixo:

View this post on Instagram

Hey Taylor. First of all i would like to apologize for posting that hurtful instagram post, at the time i thought it was funny but looking back it was distasteful and insensitive.. I have to be honest though it was my caption and post that I screenshoted of scooter and Kanye that said “taylor swift what up” he didnt have anything to do with it and it wasnt even a part of the conversation in all actuality he was the person who told me not to joke like that.. Scooter has had your back since the days you graciously let me open up for you.! As the years have passed we haven’t crossed paths and gotten to communicate our differences, hurts or frustrations. So for you to take it to social media and get people to hate on scooter isn’t fair. What were you trying to accomplish by posting that blog? seems to me like it was to get sympathy u also knew that in posting that your fans would go and bully scooter. Anyway, One thing i know is both scooter and i love you. I feel like the only way to resolve conflict is through communication. So banter back and fourth online i dont believe solves anything. I’m sure Scooter and i would love to talk to you and resolve any conflict, pain or or any feelings that need to be addressed. Neither scooter or i have anything negative to say about you we truly want the best for you. I usually don’t rebuttal things like this but when you try and deface someone i loves character thats crossing a line..

A post shared by Justin Bieber (@justinbieber) on

A atriz e modelo Cara Delevingne comentou na própria publicação de Bieber, aproveitando para questionar o ‘elogio’ dado por Hailey ao marido. “Cavalheiro? Desejo que você gaste menos tempo apoiando homens e mais tempo tentando entender as mulheres e respeitando suas reações válidas. Como um homem casado, você deveria levantar as mulheres ao invés de derrubá-las só porque está ameaçado. Não tenho certeza se você entende o que é um pedido de desculpas. Esta questão que Taylor está falando é mais do que uma foto e você sabe disso. Como você disse, você não fala com ela há anos, o que significa que você definitivamente não entende a situação. Eu dou um passo atrás e tento aprender com isso. Todos nós devemos estar no mesmo time. Fim de história“, declarou a britânica. Justin apagou o comentário dela em seguida, mas os fãs fizeram print:

(Foto: Reprodução/Instagram)

Será que surgirão mais reclamações contra o cantor?