Ex-integrante da Cientologia alega que Tom Cruise teria cortado laços com sua filha, Suri, após igreja proibir relacionamento; saiba os detalhes

Tom Cruise não tem nenhum tipo de relacionamento com sua filha mais nova, Suri? De acordo com uma ex-integrante da Cientologia, é isso mesmo — e a causa seria justamente a igreja. Segundo  a publicação Us Weekly, o astro de 57 anos “não teria permissão” para manter contato com a pré-adolescente, fruto de seu casamento com a também atriz Katie Holmes, porque ela não faz mais parte da religião.

A antiga seguidora da igreja, Samantha Domingo, é responsável pelo livro “Je Suis a Cult Whistleblower: Scientology Kill”, que tem a intenção de expor a organização. De acordo com a autora, a única aparição de Tom ao lado da filha após a separação da ex-esposa, em 2013, foi feita com o intuito de melhorar sua imagem perante o público. “Talvez ele tenha feito uma sessão de fotos arranjadas para parecer que os dois tinham uma relação, assim ele não seria criticado”, explicou.

Katie Holmes, Tom Cruise, a pequena Suri e Isabella Kidman-Cruise, em 2008. (Foto: Getty)

Outra fonte da revista havia afirmado anteriormente que os seguidores da Cientologia são permitidos “ver seus filhos se quiserem”, e foi uma escolha de Tom se afastar da filha, que atualmente está com 13 anos de idade. Porém, segundo Domingo, há muito mais por trás dessa história. Ela afirma que os membros da igreja acreditam em reencarnação, então, do ponto de vista do ator, “Suri não é realmente filha dele — ela é apenas um ser espiritual no corpo de sua filha”. Apesar da suposta falta de convivência com Suri, Tom permanece próximo dos filhos Isabella e Connor, que também pertencem a Cientologia.

A versão da escritora, no entanto, foi contestada pela igreja. Um porta-voz da organização emitiu nota à revista declarando que as alegações de Samantha são falsas: “Tudo a respeito [das informações] deturpam a Igreja da Cientologia, suas práticas e o estilo de vida de seu sacerdócio”.