Famosos

Fãs de Meghan Markle e príncipe Harry identificam sinais de que duquesa é quem escreve na conta do casal no Instagram

Marina Amaro - Publicado em 17/04/2019 às 13:20
Compartilhe: Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Pinterest Compartilhar no Whatsapp Compartilhar no E-mail

Nada passa batido pelos fãs da realeza! Recentemente, o príncipe Harry e Meghan Markle aderiram ao Instagram através do perfil “Sussex Royal”, no qual compartilham momentos importantes do trabalho dos dois, como representantes da monarquia britânica. Até agora, a conta tem 12 publicações e mais de 4,7 milhões de seguidores — 1 milhão foram conquistados apenas nas primeiras seis horas, um recorde mundial — sucesso, né?! No entanto, de acordo com o ET Online, o público está desconfiado de que quem está por trás do veículo de comunicação dos duques de Sussex, é ninguém menos do que a própria Meghan!

Experiência no assunto, a duquesa tem: antes de conhecer Harry, Meghan estava na rede social e manteve por três anos um site voltado para moda, viagens e estilo de vida, chamado “The Tig”. As suspeitas do público vieram por conta de alguns pequenos detalhes nas postagens do perfil “Sussex Royal”. Apesar de norte-americanos e ingleses compartilharem a mesma língua, algumas expressões e palavras são diferentes. Por exemplo, norte-americanos escrevem “organization” e “re-energized”, enquanto integrantes do Reino Unido escrevem “organisation” e “re-energised”. No Instagram de Meghan e Harry, encontramos as duas formas sendo usadas.

View this post on Instagram

The Duke of Sussex has proudly been patron of UK based organization Well Child since 2007. Over 100,000 children and young people are living with serious illness or exceptional health needs across the UK. Many spend months, even years in hospital vs at home because there is no support enabling them to leave. Well Child’s vision is for every child and young person living with serious health needs to have the best chance to thrive properly supported at home with their families. Both the Duke and Duchess attended the Well Child Awards in the winter of 2018, supporting the incredible families and children who benefit from the Well Child programs. For those who have inquired, The Duke and Duchess of Sussex ask that you consider supporting @wellchild and three other select charities in lieu of sending baby gifts for their upcoming arrival. Thank you for the support and kindness! Photos via: @wellchild #worldhealthday

A post shared by The Duke and Duchess of Sussex (@sussexroyal) on

Em uma publicação, o “Sussex Royal” também usou a palavra “diapers” para fraldas, enquanto ingleses costumam usar “nappies”. Os fãs ainda perceberam o uso de emojis — algo inédito em outros perfis da realeza — e referências tanto a libras, quanto a dólares para falar de doações. Para completar, quem está por trás da conta, usa a palavra “você” para conversar diretamente com o público, escolha incomum entre outras contas da monarquia.

Claro, tudo isso pode ser intencional, pensado especialmente para agradar aos fãs do casal espalhados pelo mundo e celebrar as raízes de Meghan, com o intuito de mostrar que ela não esqueceu da onde veio. Mas a gente aposta que a duquesa está gerenciando tudo bem de pertinho…