George Clooney revela que aconselhou Ben Affleck a não interpretar o Batman e explica o motivo; saiba detalhes!

Ben Affleck e George Clooney têm um personagem em comum: o Batman. Em entrevista à The Hollywood Reporter, o marido de Amal revelou que aconselhou o amigo a não aceitar o papel. Clooney, como nós sabemos, interpretou o herói no criticado “Batman e Robin”, de 1997, e por isso alertou o colega de profissão sobre o risco que seria dar vida ao Cavaleiro das Trevas.

O conselho veio à tona quando, anos depois, Clooney teve a oportunidade de trabalhar com Affleck em “Argo”, que era produzido pelo primeiro e estrelado, além de dirigido pelo outro. Então o intérprete de Bruce Wayne no passado teve a oportunidade de dar algumas recomendações para o futuro dono do personagem, antes que o amigo decidisse interpretar o Cavaleiro das Trevas em “Batman vs. Superman: A Origem da Justiça”, lançado em 2016. E ele foi MUITO direto.

Realmente, falei com ele sobre isso. Eu disse: ‘Não faça isso’.  Foi apenas com base na minha experiência, que é, você sabe… No entanto, ele foi ótimo“, explicou George.

George Clooney e Ben Affleck em uma premiação quando trabalharam juntos em “Argo”. (Foto: Getty)

Sobre a sua empreitada na pele do Batman, Clooney relatou: “Arnold Schwarzenegger (que fez o vilão no filme) recebeu algo em torno de US$25 milhões pelo papel, o que foi 20 vezes mais do que eu recebi por isso, e nem trabalhamos juntos! Na verdade, nós trabalhamos juntos 1 dia, mas acabei levando toda a negatividade das críticas“.

Sendo honesto: Não fui um bom Batman e não era um bom filme, mas aprendi com esse fracasso e então tive que repensar como estava trabalhando, porque já não era mais um ator fazendo um papel, mas sim um dos responsáveis pelo filme em si“, finalizou.

Ben Affleck na pele do Batman. (Foto: Divulgação/ Warner Bros. Pictures/ DC Comics)

Realmente, interpretar o Batman é uma grande responsabilidade! Recentemente, no “Jimmy Kimmel Live”, o próprio Ben Affleck comentou o motivo de deixar o papel. De acordo com o ator, ele tentou várias vezes, mas acabou não conseguindo ficar contente com o resultado do seu trabalho com o personagem.

“Tentei dirigir uma versão dele e trabalhei com um roteirista muito bom, mas apenas não conseguia vir com uma versão, não conseguia me dar bem nisso”, explicou. Com isso, o astro pensou que seria uma boa oportunidade para uma renovação de elenco. “Então, pensei que era a hora de deixar outro alguém se arriscar nisso”, adicionou ele.