Gigi Hadid dá mais detalhes e rebate críticas por comentário após ter sido roubada em Míconos: ‘Se você não gostou não é problema meu’

Gigi Hadid não é de levar desaforo pra casa! Após desabafar sobre ter sido roubada durante sua viagem para Míconos, na Grécia, no começo deste mês, a modelo resolveu rebater todas as pessoas que a estavam criticando.

Em sua conta alternativa no Instagram, para registros de câmera analógica, Gigi havia escrito: “Não deixe o Instagram te enganar. Fui roubada. Nunca vou voltar, risos. Não recomendaria. Gaste seu dinheiro em outro lugar.” Entretanto, alguns seguidores acharam que a modelo, por ter tanta influência, não deveria falar para as pessoas não visitarem algum lugar apenas de acordo com sua experiência pessoal.

“Isso é muito grosseiro com a Grécia e as pessoas gregas. Uma das nossas principais fontes de lucro é o turismo e você está literalmente difamando o nosso país. Milhões de pessoas visitam Míconos anualmente. Apenas porque aconteceu com você não quer dizer que vai acontecer com todos”, criticou uma seguidora. Os outros comentários também seguiram o mesmo tom, e uma pessoa, inclusive, exigiu uma explicação da top model por ter continuado a postar fotos da viagem mesmo depois do que aconteceu.

Nessa quarta (14), então, Hadid se cansou e resolveu responder aos internautas através da seção de comentários da foto em questão. “Vamos deixar isso claro para todo mundo aqui que acha que eu não mereço ter uma opinião sobre a minha experiência e não devo alertar as pessoas sobre isso: eu fui roubada junto com outras 30 casas naquela noite, algumas até foram à mão armada”, alertou a musa.

Ela seguiu, explicando que a segurança da Míconos foi falha em sua situação. “Não foi possível contatar nenhuma forma de autoridade, exceto pelo meu segurança local que por acaso tinha um contato. Esse é um privilégio que a maioria das pessoas viajando para lá não tem”, reconheceu. “Se alguma coisa acontecer enquanto a delegacia estiver fechada, não há nada que possa ser feito para te proteger e, quando a delegacia abre, não parece que seus treinamentos e recursos estão alinhados com manter as pessoas seguras ou acompanhar a quantidade de crime que acontece todos as noites lá. (Estou falando especificamente da ilha, porque foi onde eu passei por isso).”

Por fim, Gigi explicou por que decidiu compartilhar sua experiência pelas redes sociais. “Essa não é uma informação que é dividida com as pessoas antes delas irem. Se eu soubesse que isso acontecia tanto e que não tinha infraestrutura para me proteger eu não teria ido. Então minha opinião é baseada em eventos reais e você não gostar não é problema meu”, concluiu. “Por último, eu trabalho pra caramba e nunca faço uma viagem assim para mim e meus amigos, então se eu quiser postar fotos da nossa viagem depois de ser roubada, eu postarei.”

Comentário de Gigi Hadid em resposta aos haters (Foto: Reprodução/Instagram)

O TMZ deu mais detalhes do que aconteceu. De acordo com o site, a casa alugada pelas irmãs foi destruída por ladrões, que levaram praticamente todos os pertences das meninas, incluindo joias, roupas, bolsas e óculos escuros. O resto ficou espalhado pelos cômodos.

Apesar de terem chamado a polícia, Gigi e Bella Hadid tiveram a impressão de que as autoridades responsáveis não fizeram do furto sua maior prioridade. As modelos ainda suspeitam que o caso tenha sido um “trabalho interno”, já que a equipe que trabalhava na casa tinha total acesso. O incidente as fez encurtar as férias e ir embora da ilha grega. Elas alugaram um jatinho privado e voltaram para casa. As Hadids estavam em Míconos celebrando o aniversário de sua irmã mais velha, Alana.