Gisele

Gisele Bündchen revela qual desfile foi “um dos momentos mais traumatizantes” de sua carreira, e explica motivo; assista

A modelo tinha apenas 18 anos quando teve que fazer um desfile com os seios à mostra

Gisele Bündchen já passou por altos e baixos em sua carreira nas passarelas, mas uma situação específica marcou muito a vida da supermodelo… Em 1998, a brasileira desfilou para a marca Alexander McQueen com um top praticamente transparente, que deixava seus seios à mostra, o que ela definiu como “um dos momentos mais traumatizantes” de sua carreira.

Eu não tive uma prova de roupa, então eu cheguei no show e perguntei: ‘O que eu vou usar?’. Eu falei: ‘É uma blusa ou algo do tipo?’. Não, era isso. Então, eu comecei a chorar“, relembrou ela, em entrevista à British Vogue nesta quarta-feira (18).

Na época, Gisele tinha apenas 18 anos e “não sabia falar inglês”. Durante o mesmo desfile, ela ainda teve que andar de topless, apenas com uma pintura branca sobre seu peito. “Eu estava andando o tempo todo pensando: ‘Espero que meu meu pai nunca veja essa foto’. Tudo que eu queria fazer era ir embora, mas, você sabe, é uma daquelas coisas que te deixam mais forte“, completou a brasileira.

25734305
Gisele foi escalada para esse desfile com apenas 18 anos. (Foto: Divulgação)

Bündchen já havia desabafado sobre o episódio anteriormente, em seu livro de 2018, “Aprendizados: Minha caminhada para uma vida com mais significado”. “Eu não tinha ideia do que fazer. Principalmente, eu pensei em como meus pais ficariam decepcionados e envergonhados. Eu tentei segurar as lágrimas, mas elas continuavam rolando e as penas pretas coladas nos meus cílios começaram a se soltar“, contou.

Continua depois da Publicidade

Eu pensei em sair, ir embora. Não tinha nenhuma maneira que eu sairia de lá sem um top“, disse a modelo. Durante a entrevista com a Vogue, a brasileira ainda relembrou sua época como angel da Victoria Secret, cargo que ela ocupou até 2006, quando decidiu tomar outro rumo. “Eu sempre me certificava de que minhas costas estavam cobertas, porque me deixava desconfortável andar em uma passarela com minha bunda para fora“, pontuou. Assista à entrevista: