Fotojet (3)

Guta Stresser revela motivo de briga com Pedro Cardoso em “A Grande Família”: “Pra trabalhar com ele, só ganhando o dobro”

Em entrevista ao programa “Sensacional”, da Rede TV!, a atriz recordou desentendimento com o colega em 2012

O programa “A Grande Família” marcou a história da TV brasileira, e também se tornou palco de desentendimentos entre os atores Pedro Cardoso e Guta Stresser, que interpretavam Agostinho Carrara e Bebel, respectivamente. Nesta terça-feira (24), o programa “Sensacional”, da Rede TV!, exibirá uma entrevista com a atriz, que abriu o jogo a respeito do motivo da briga com o colega de elenco, e revelou se ainda há alguma mágoa.

Segundo informações do UOL, que teve acesso ao episódio, tudo aconteceu em 2012 — dois anos antes da atração chegar ao fim na programação da TV Globo. Na ocasião, Guta se recusou a gravar uma cena novamente. “Eu estava irritada esse dia. Estávamos gravando uma cena bem complexa. Era um dia chuvoso e eu estava de [blusa de] alcinha. A diretora falou que queria fazer mais uma vez e eu: ‘Sério? Está bom, está chovendo e estou morrendo de frio. Ele [Pedro] disse algo como: ‘Não fala assim’ e eu: ‘Não se mete, estou falando com ela’. Para quê? Ele ficou muito bravo”, contou a artista.

Porém, o climão não foi esquecido e a convivência profissional acabou ficando bem delicada. “Logo em seguida foi péssimo. Ensaiava sem olhar [para ele]. Aí no ‘gravando’ eu fazia [olhando]. Mas os autores foram muito legais, escreveram uma separação para eles [as personagens] e aí teve toda uma história da gente se separar”, recordou Stresser.

Continua depois da Publicidade

A atriz explicou que não guarda mágoas de Cardoso, mas alegou que toda a situação criada a prejudicou profissionalmente, especialmente por conta das declarações feitas pelo ator publicamente. “Não tenho [mágoa], mas eu acho que me prejudicou. Para começar, foi muito maior do que precisava o tipo de desqualificação. Imagina falarem: ‘Você não é nada, só existe porque eu existo’, em alto e bom tom, para todo mundo ouvir”, lamentou. “Me acusou de coisas que eu considero inverdades, injustas. Estou esperando [o pedido de perdão] até hoje. Hoje em dia para trabalhar com ele, só ganhando o dobro”, finalizou a respeito de Cardoso, que atualmente vive em Portugal.