Heath Ledger impediu que cerimônia do Oscar fizesse piada sobre “O Segredo de Brokeback Mountain”; entenda!

Alem de ter sido um ator extremamente talentoso, Heath Ledger foi uma pessoa que defendia seus posicionamentos independente da situação. Protagonista do filme “O Segredo de Brokeback Mountain”, que abordava uma relação homoafetiva entre dois cowboys, o astro, falecido em 2008, impediu que o monólogo da abertura do Oscar 2007 tivesse uma piada sobre a trama.

Quem revelou a história foi Jake Gyllenhaal, que estrelou a produção ao lado de Ledger, durante uma entrevista para a revista Another Man. “Quero dizer, eu lembro que eles queriam fazer uma abertura para o Oscar naquele ano que era uma espécie de brincadeira. E ele se recusou. Eu estava meio que na época, ‘Oh, tudo bem… tanto faz’. Eu sempre fico ‘É tudo muito divertido’. E Heath disse: ‘Não é uma piada para mim e eu não quero que façam brincadeiras sobre isso”, contou.

Gyllenhaal‎ falou como essa postura o fez admirar o colega de trabalho ainda mais. “Era isso que eu amava em Heath. Ele nunca brincaria com isso. Alguém queria fazer uma piada sobre a história ou o que fosse, e ele ficou ‘Não. Isso é sobre amor. Tipo, é isso, cara. Apenas, não faça'”, comentou.

Heath Ledger não achou respeitoso fazer piada com o filme “O Segredo de Brokeback Mountain”, que abordava relações homoafetivas. Foto: Reprodução/YouTube

“O Segredo de Brokeback Mountain” foi lançado em 2005 e faturou diversos prêmios importantes, incluindo o Oscar de “Melhor Direção” para Ang Lee e o Globo de Ouro de “Melhor Filme”. A produção contava a história de Jack e Ennis, dois criadores de ovelhas que vivem relacionamento heterossexuais, mas descobrem uma forte paixão um pelo o outro.