Header (5)

Ireland Baldwin fala sobre estupro vivido na adolescência e aborto anos depois: ‘A escolha é sua’; assista

A jovem de 26 anos compartilhou as experiências no seu TikTok após desregulamentação de aborto nos EUA

A atriz e modelo Ireland Baldwin contou que foi vítima de um estupro quando ainda era adolescente e que fez um aborto anos depois. A jovem de 26 anos compartilhou os episódios no seu TikTok, neste domingo (26). Ireland resolveu dividir os casos após a Suprema Corte dos Estados Unidos derrubar a Roe v Wade, na sexta (24), decisão que regulamentava o aborto em todo o país.

“Só agora estou compartilhando minha história porque quero que outras mulheres se sintam apoiadas e amadas, quer queiram compartilhar sua própria história ou não”, começou Ireland. “Não estou aqui para contar essa história hoje, mas fui estuprada quando era adolescente e estava completamente inconsciente quando aconteceu, e isso mudou o curso do resto da minha vida”, continuou a filha dos atores Alec Baldwin e Kim Basinger.

“Eu nunca contei a ninguém na época, nem por anos. A única pessoa que sabia era uma enfermeira que me tratou logo depois. E eu nem contei pro meu namorado na época. Nem para os meus pais. Ninguém”, confessou. A modelo explicou que não ter dividido a experiência com outras pessoas fez mal a ela: “Eu guardei esse segredo dentro de mim por anos e, por causa disso, muita dor e sofrimento cresceram dentro de mim. Eu senti tanta culpa por tanto tempo que eu perdi o controle da minha vida”.

Continua depois da Publicidade

Em seguida, Ireland descreveu como a sua vida mudou após esse episódio. “Bebi muito mais, festejei muito mais, me automediquei. Eu estava em outros relacionamentos e amizades abusivos e tóxicos. Eu praticamente fiz tudo o que pude para me distrair”, confessou.

Gettyimages 1173037386 (1) (1)
Ireland Baldwin é filha do astro Alec Baldwin. (Foto: Getty)

Ela relatou que sua situação teria sido bem pior se ela tivesse engravidado durante a violência: “Ver tantas outras mulheres corajosas compartilhando suas histórias me fez pensar como minha vida teria sido se eu tivesse engravidado e se eu tivesse que criar um bebê durante tudo o que estava passando na época. Lembre-se, eu tenho recursos médicos, dinheiro e apoio que aos quais muitas mulheres não têm acesso. Teria sido simplesmente traumatizante e impossível”.

No relato, a modelo contou outro momento difícil que passou em sua vida. Baldwin admitiu que, posteriormente, durante um relacionamento, ela chegou a fazer um aborto. “Em outro ponto da minha vida, quando eu tive um namorado, eu fiquei grávida. Naquele momento, eu diria que estávamos muito infelizes juntos. E ele deixou claro que nunca ia querer filhos ou casamento. Ele mal queria estar em um relacionamento sério”, explicou.

No final da descrição, ela deixou uma mensagem de coragem para outras mulheres. “Escolhi fazer um aborto porque sei exatamente como é nascer entre duas pessoas que se odiavam. Eu poderia ter tido aquele bebê e colocado aquele bebê para adoção? Pode ser. Talvez não. Mas escolher criar um bebê sem minha própria segurança financeira, sem um parceiro amoroso e solidário, não funcionaria para mim. Eu me escolhi, e me escolheria novamente. A vida é sua, a escolha é sua”, disse Ireland. Assista ao relato na íntegra:

@irelandshmireland I’m here for you ♥️ #fyp #roevwade #womensrights ♬ original sound – Ireland