Fotojet (61)

Irmã de Britney Spears revela por que não contou sobre primeira gravidez para a cantora: “Até hoje perdura a dor”

Atualmente, não é segredo para ninguém que Britney Spears sempre esteve rodeada por pessoas que queriam controlar sua vida a todo custo. Exemplo disso foi que ela não foi informada sobre a primeira gravidez da irmã por um bom tempo… Em sua biografia “Things I Should Have Said (Coisas Que Eu Deveria Ter Dito)”, Jamie Lynn Spears explicou por qual motivo foi impedida de falar com a cantora sobre a gestação, e deu outros detalhes de como as pessoas com quem a família trabalhava, incluindo seus pais, tentaram “contornar a situação” da pior forma.

Nesta quarta-feira (10), a revista People teve acesso a um trecho do livro em que Jamie narra como esse período foi caótico em sua vida. O ano era 2007, ela tinha apenas 16 anos, era estrela de um programa infanto-juvenil, e ficou grávida de seu então namorado, Casey Aldridge. “As coisas saíram de controle muito rapidamente”, afirmou Spears sobre o momento em que contou da gravidez para os pais, Jamie e Lynne Spears.

Segundo a ex-estrela teen, nesta época, Britney já enfrentava problemas pessoais e constantemente estava envolvida em escândalos. Por conta disso, a equipe decidiu deixar a diva pop fora da história. “Minha equipe acreditava que todos fora do círculo interno eram uma ameaça em potencial. Eles chegaram a esconder minha gravidez de minha irmã, alegando: ‘É muito arriscado contar à Britney sobre o bebê.’ Eu precisava dela mais do que nunca e ela não foi capaz de me ajudar no meu momento mais vulnerável”, desabafou.

Continua depois da Publicidade

“A condição de Britney estava se transformando em algo mais preocupante. Eles estavam preocupados que sua instabilidade naquele momento a tornasse indigna de confiança. Eu concordei com o que minha equipe me disse para fazer porque eu era menor de idade e não queria criar mais problemas”, argumentou. Britney Spears, inclusive, só soube da gravidez junto com o mundo inteiro, graças às manchetes na mídia. “Até hoje perdura a dor de não ter sido capaz de contar a minha irmã”, admitiu Jamie.

Gettyimages 1927140
Relação de Britney e Jamie Lynn se tornou conturbada nos últimos anos. Foto: Getty

No trecho divulgado pela People, a jovem ainda declarou que uma pessoa após a outra tentava convencê-la de que ter um bebê naquele momento de sua vida era uma “péssima ideia”, e que ela deveria considerar fazer um aborto ou colocar a criança para adoção. Ela também alegou que foi tirada da escola, teve seu celular confiscado e a notícia também foi escondida de outras pessoas. “Havia muita luta acontecendo entre todos os envolvidos”, lembrou.

E parece que a relação de Britney e a irmã segue sendo bem distante. Quando a cantora concedeu um depoimento na Justiça contando os horrores que viveu sob a tutela do pai Jamie Spears, a jovem foi cobrada por nunca ter tentado proteger ou ajudar a artista. “Até que minha irmã pudesse falar por si mesma e dizer o que ela sentia publicamente, não era o meu lugar e não era a coisa certa a se fazer. Mas agora que ela falou com muita clareza e disse o que precisava dizer, sinto que posso segui-la e dizer o que sinto […] Não tenho nada a ganhar ou perder de qualquer maneira. Esta situação não me afeta de forma alguma, porque eu sou apenas sua irmã, que está preocupada apenas com sua felicidade”, declarou Jamie Lynn Spears.

Jamie Lynn Spears Visits Walt Disney World
Atualmente, a filha de Jamie, Maddie Aldridge, tem 13 anos. Foto: Getty

Continua depois da Publicidade

A “princesinha do pop”, por sua vez, escreveu um desabafo sobre oportunistas que estavam se pronunciando em sua defesa, que na verdade só queriam salvar seus nomes perante o público. Embora não tenha citado o nome da irmã, os fãs creditaram as acusações contra ela. “Nunca esqueça quem ignorou você quando você precisava deles, e quem ajudou você antes de você pedir. Não há nada pior do que quando as pessoas mais próximas a você, que nunca ajudaram você, postam coisas em relação à sua situação, seja ela qual for, e falam de forma moralmente correta para apoiá-lo… não há nada pior do que isso! Como se atrevem as pessoas que você mais ama a dizerem alguma coisa… eles pelo menos se ofereceram para me ajudar na HORA?! Como você ousa tornar público que AGORA VOCÊ SE IMPORTA… você estendeu a mão quando eu estava me afogando? De novo… NÃO!”, disparou.