Isabeli Fontana fala sobre ser mãe de adolescentes e conta já ter dado camisinhas para os filhos: “Quero que fiquem à vontade”

Uma mãezona dessas, bicho! Durante uma entrevista para a revista Marie Claire, a modelo Isabeli Fontana foi bem sincera sobre a maternidade quando os filhos entram na adolescência. Com um pensamento moderno a respeito da vivências que seus herdeiros vão ter em um futuro próximo, a musa revelou que já se adiantou e entregou camisinhas para os meninos se protegerem de DSTs e uma gravidez indesejada. Ela até recorreu ao marido Di Ferrero para orientar os garotos…

Isabeli é mãe de Lucas, de 13 anos, e Zion, de 16 anos, que são frutos dos relacionamentos dela com o ator Henri Castelli e o empresário Álvaro Jacomossi, respectivamente. Com a chegada da puberdade dos garotos, ela optou por construir um diálogo sincero com os jovens dentro de casa. “Outro dia eu falei ‘como vou entrar com a abordagem do sexo, né?’ Porque eu quero que eles fiquem à vontade, que eles cresçam num lugar seguro que pode conversar sobre qualquer coisa. Se eles tiverem qualquer dúvida eles podem falar ou comigo ou com o Diego porque a gente é muito parceiro, muito família lá em casa”, explicou.

A conversa sobre a vida sexual acabou rendendo ‘presentinhos’ de extrema importância para os garotos no futuro. “Dei camisinhas pros meus filhos e disse: ‘o Diego vai ensinar como se coloca’. Para eles estarem bem com noção da vida”, revelou. Sobre a possibilidade dos dois aparecerem com uma namorada, Fontana contou que ainda não está esperando que isso vá acontecer por agora, mas sabe que isso também faz parte do processo de crescimento deles.

“Não é que estou preparada para ser sogra, mas estou preparada pra ver os meus filhos curtirem a vida. Ah, isso eu estou. Quero ver eles felizes, quero que meus filhos experimentem coisas maravilhosas na vida deles, que eles possam viver como um todo, não só viver de certa forma porque a sociedade mandou. Quero que eles vivam com todo amor que eles têm”, declarou.

A modelo também falou sobre estar tranquila com as novas fases que estão chegando na vida de Lucas e Zion. “Eu acho muito louco as mães quererem proibir os filhos de querer namorar muito cedo ou de ter uma experiência ou achar que vai perder o lugar delas, porque é surreal, não existe isso. Cada um tem seu lugar na vida. A mãe vai ser sempre a mãe, que pode ser a conselheira, e que pode gostar da nora”, analisou. “Não tenho ciúme de nenhuma coisa que acontece com meus filhos. Se os olhos deles brilharam eu falo ‘vai com tudo’. Eles estão indo”, completou.