Jane Fonda comenta acusações de Jair Bolsonaro contra Leonardo DiCaprio sobre incêndios na Amazônia: “Patético, uma piada”

A política brasileira tem se tornado pauta frequente para alguns astros de Hollywood… Nesta sexta-feira (13), a revista Veja divulgou uma entrevista com a atriz Jane Fonda, na qual ela comenta sobre as acusações do presidente Jair Bolsonaro de que Leonardo DiCaprio seria o responsável pelas queimadas na Floresta Amazônica. A estrela chegou a dizer que era “patético” tal afirmação.

A atriz, que tem um histórico respeitável pelo seu envolvimento ativista em diversas causas, incluindo a ambiental e animal, foi questionada sobre a acusação do presidente do Brasil ao astro de “Titanic”. “É patético. É risível. É uma piada”, disparou. Jane afirmou acompanhar a política no país, e revelou o que achava sobre Jair Bolsonaro.

“Ele é um homem que permite as queimadas na Floresta Amazônica em troca de dinheiro, em nome da produção agrícola, mas sem cuidado algum, suja. Ele não entende que está potencialmente destruindo um órgão vital do planeta, com a Amazônia em chamas — além do ridículo, reafirmo, de culpar Leonardo DiCaprio e os ambientalistas”, disse.

Em outubro, Jane Fonda foi presa durante um protesto contra o aquecimento global. Foto: Getty

Jane Fonda, que já foi presa quatro vezes só em 2019 por se envolver em protestos políticos, se solidarizou com os brasileiros que estão na mesma situação. “Respeito a coragem e o sacrifício dos brigadistas que foram injustamente presos, recentemente. Calá-los é como tentar coibir a imprensa livre. Mas vocês vão superar isso. Assim como nós, americanos, conseguiremos superar esse período com Donald Trump”, falou.

No final de novembro, o político brasileiro acusou publicamente Leonardo DiCaprio de estar envolvido nos incêndios da floresta, pelo fato do astro ter feito doações e críticas ao governo federal. “Uma ONG ali pagou R$ 70 mil por uma foto fabricada de queimada. O que é mais fácil? ‘Toca’ fogo no mato. Tira foto, filma, manda para a ONG, a ONG divulga, entra em contato com o Leonardo DiCaprio e o Leonardo DiCaprio doa US$ 500 mil para essa ONG. Leonardo DiCaprio, você está colaborando com as queimadas na Amazônia”, declarou.

Em 2014, Leonardo DiCaprio tornou-se Mensageiro da Paz da ONU, além de ser engajado nas causas ambientais há anos. (Foto: Getty)

Assim como Jane Fonda, o protagonista de “O Regresso” sempre foi engajado com as causas de ambiental, e emitiu um comunicado para Reuters e Associated Press (AP) se posicionando sobre as acusações feitas sem provas. “Apesar de serem dignas de apoio, nós não financiamos as organizações mencionadas [por Jair Bolsonaro]. Nesse período de crise para a Amazônia, eu apoio o povo do Brasil trabalhando para salvar suas heranças naturais e culturais. Eles são um exemplo incrível e comovente de comprometimento e paixão necessários para salvar o meio ambiente”, escreveu.